ASPECTOS ETIOLÓGICOS DA OCORRÊNCIA DA SECA DO CACHO DA BANANEIRA PRATA (Musa sp. AAB) NO ESTADO DE GOIÁS

Autores

  • Lincoln F. Zica UFG
  • Yvo de Carvalho UFG
  • Wilma Alves Ferrari UFG

Resumo

No presente trabalho procurou-se determinar a causa da “seca do cacho” de banana do cultivar Prata (Musa sp. AAB) e analisar alguns aspectos de sua ocorrência no Estado de Goiás. A doença afeta drasticamente a produção, e ocorre mais severamente durante o período chuvoso (outubro - abril), podendo, em certas regiões, afetar quase todos os cachos. Mediante os resultados obtidos em isolamentos sob condições axênicas e através da aplicação do postulado de Koch, determinou-se que a causa primária da doença á o fungo Gloeosporium musarum Cooke & Massee, atuando sob condições climáticas predisponentes. Foi sugerido que características clonais, condições climáticas e potencial de inóculo disponível sejam os principais fatores envolvidos na distribuição regional da enfermidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-11-2007

Como Citar

ZICA, L. F.; CARVALHO, Y. de; FERRARI, W. A. ASPECTOS ETIOLÓGICOS DA OCORRÊNCIA DA SECA DO CACHO DA BANANEIRA PRATA (Musa sp. AAB) NO ESTADO DE GOIÁS. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 116–120, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2290. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico