CUSTO COMPARATIVO DE CONTROLE À FORMIGA CORTADEIRA Atta sexdens rubropilosa Forel 1908, EMPREGANDO-SE ISCAS GRANULADAS COMERCIAIS E UMA ISCA EXPERIMENTAL

Autores

  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Octavio Nakano USP

Resumo

Realizou-se um experimento de controle à formiga cortadeira Atta sexdens rubropilosa FOREL 1908, nos campos da Universidade Federal de Goiás (dezembro de 1972), com a finalidade de comparar o custo de controle por sauveiro, utilizando-se uma isca granulada experimental “EAV-041-A” idealizada pelo autor, com outras iscas existentes no mercado. Foram realizados 4 tratamentos (Mirex, Isca Shell, EAV-041-A e Agroceres) na base de 10 g de cada isca por m² de sauveiro, em 5 repetições, constando cada parcela de 3 formigueiros, perfazendo um total de 60. O delineamento foi inteiramente ao acaso. Para a análise econômica dos resultados, foram utilizados os fatores: custo da isca, sua eficiência percentual e o valor da mão-de-obra requerida, para se determinar o custo médio de controle de um sauveiro extinto. Pelos valores calculados, como resultado, obteve-se o custo médio por sauveiro extinto na seguinte ordem: com a isca “EAV-04l-A” custou Cr$ 2,27; com a “Isca Shell” Cr$ 3,41; com “Agroceres” Cr$ 4,29 e com “Mirex” Cr$ 5,44, evidenciando a economia em favor da "EAV-041-A", tendo em vista o seu menor custo por quilograma (Na época em que os cálculos foram realizados, o valor cambial do Dólar era de Cr$ 6,00).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06-11-2007

Como Citar

SILVA, A. L. da; NAKANO, O. CUSTO COMPARATIVO DE CONTROLE À FORMIGA CORTADEIRA Atta sexdens rubropilosa Forel 1908, EMPREGANDO-SE ISCAS GRANULADAS COMERCIAIS E UMA ISCA EXPERIMENTAL. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 88–98, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2287. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico