BICOS DE PULVERIZAÇÃO NA APLICAÇÃO DE HERBICIDAS PÓS-EMERGENTES NA CULTURA DA SOJA

Autores

  • Luiz Carlos Barcellos
  • Rogério de Araújo Almeida
  • Paulo Garcez Ferreira Leão
  • Yvo de Carvalho

Palavras-chave:

Volume de pulverização, controle químico

Resumo

O experimento foi conduzido durante o ano agrícola de 1994/1995, no município de Goiânia, GO (altitude de 730 m, latitude de 16o41'S e longitude de 49o17'W), com o objetivo de estudar a eficiência dos bicos de pulverização 110-SF-01 (70 L.ha-1), D2-23 (75 L.ha-1), 110-SF-02 (139 L.ha-1), D3-25 (132 L.ha-1), 110-SF-03 (208 L.ha-1) e D5-25 (200 L.ha-1), na aplicação de herbicidas na cultura da soja. Utilizaram-se os herbicidas acifluorfen e bentazon, aplicados em cobertura total sobre a área. Para avaliação dos tratamentos mediram-se o controle das plantas daninhas, a fitotoxicidade, a altura de plantas de soja e o rendimento de grãos. A simples variação do tipo de bico de pulverização não promoveu alterações significativas nos níveis de controle das plantas daninhas estudadas. O herbicida acifluorfen propiciou níveis de controle mais elevados quando comparados ao bentazon, todavia, foi mais fitotóxico à cultura. Os diferentes tratamentos não ocasionaram efeitos prejudiciais às plantas de soja.

PALAVRAS-CHAVE: Volume de pulverização; controle químico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Barcellos

Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás. Caixa CEP 74001-970, Campus II, Goiânia, GO. E-mail: barcelos@agro.ufg.br

Downloads

Publicado

02-11-2007

Como Citar

BARCELLOS, L. C.; ALMEIDA, R. de A.; LEÃO, P. G. F.; CARVALHO, Y. de. BICOS DE PULVERIZAÇÃO NA APLICAÇÃO DE HERBICIDAS PÓS-EMERGENTES NA CULTURA DA SOJA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 35, n. 2, p. 85–91, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2255. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico