PRODUÇÃO E QUALIDADE DE SEMENTES DE Macroptilium lathyroides (L.). Urb. SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS E ÉPOCAS DE COLHEITA

Autores

  • Pedro Lima Monks
  • Otoniel Geter Lauz Ferreira
  • Edgar Aléxis Pólo
  • João Baptista da Silva

Palavras-chave:

Leguminosa, forrageira tropical, semeadura

Resumo

Para avaliar o efeito de espaçamentos entre linhas e épocas de colheita sobre a produção e a qualidade das sementes de Macroptilium lathyroides (L.) Urb., foram comparados quatro espaçamentos entre linhas (15 cm; 30 cm; 45 cm; e 60 cm) e oito épocas de colheita de sementes, espaçadas de sete dias. A primeira colheita foi realizada quando surgiram as primeiras vagens maduras e a última, 49 dias após. Para uma mesma densidade de semeadura, o aumento no espaçamento entre linhas não influenciou o rendimento de sementes de M. lathyroides, mas resultou em melhoria na qualidade das sementes. A época de colheita que resultou em maior rendimento de sementes, concomitante à máxima qualidade, situou-se próximo ao décimo quinto dia após o aparecimento das primeiras vagens maduras.

PALAVRAS-CHAVE: Leguminosa; forrageira tropical; semeadura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Lima Monks

DZ, FAEM, UFPel. Caixa Postal 354, CEP 96001-970 Pelotas, RS. E-mail: plmonks@ufpel.tche.br

Downloads

Publicado

26-10-2007

Como Citar

MONKS, P. L.; FERREIRA, O. G. L.; PÓLO, E. A.; SILVA, J. B. da. PRODUÇÃO E QUALIDADE DE SEMENTES DE Macroptilium lathyroides (L.). Urb. SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS E ÉPOCAS DE COLHEITA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 36, n. 2, p. 107–112, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2146. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico