ASPECTOS DA BIOLOGIA DE Anthistarcha binocularis MEYRICK EM INFLORESCÊNCIA DE CAJUEIRO

Autores

  • Ervino Bleicher
  • Quelzia Silva Melo
  • Maria do Socorro Cavalcante Souza
  • Antônia R. de Abreu Sobral

Palavras-chave:

Insecta, Anacardium occidentale, brocadas

Resumo

A biologia da broca-das-pontas do cajueiro, Anthistarcha binocularis Meyrick (Lepidoptera: Gelechiidae), foi estudada em inflorescências usando-se dois métodos. No primeiro, secções de inflorescências foram usadas e trocadas a cada três dias. No segundo método, usou-se inflorescências inteiras até o início do seu secamento. A partir desse momento, seguiu-se o mesmo procedimento do primeiro método. As informações coletadas mostraram um período de 33,7; 10,7 e 6,5 dias para larva, pupa e adulto, respectivamente, no primeiro método, e 35,5; 14,0 e 6,3 dias para larva, pupa e adulto, respectivamente, no segundo método. Além disso, pode-se considerar o método que utiliza secções de inflorescências o mais adequado para a criação, pois também apresentou menor desvio padrão e coeficiente de variação.

PALAVRAS-CHAVE: Insecta; Anacardium occidentale; brocadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ervino Bleicher

Departamento de Fitotecnia, Curso de Agronomia. Universidade Federal do Ceará. Av. Mister Hull, 2.977. Campus do Pici.
CEP 60356-001 Fortaleza, CE. E-mail: ervino@ufc.br

Downloads

Publicado

16-10-2007

Como Citar

BLEICHER, E.; MELO, Q. S.; SOUZA, M. do S. C.; SOBRAL, A. R. de A. ASPECTOS DA BIOLOGIA DE Anthistarcha binocularis MEYRICK EM INFLORESCÊNCIA DE CAJUEIRO. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 37, n. 1, p. 57–59, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/1870. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Nota Científica