Uso de óleos essenciais no controle do ácaro Varroa destructor em Apis mellifera

Autores

  • Gustavo Haralampidou da Costa Vieira Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Wagner da Paz Andrade Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Daniele Maria do Nascimento Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Palavras-chave:

Abelha, acaricida natural, controle alternativo de pragas.

Resumo

O ácaro Varroa destructor (Acari: Varroidae) é considerado uma das principais pragas apícolas mundiais. O risco de contaminação da cera e do mel, assim como o desenvolvimento de resistência desta praga, têm levado à busca por alternativas de controle que substituam os acaricidas convencionais. O presente trabalho objetivou determinar os efeitos de diferentes óleos essenciais na mortalidade de abelhas Apis mellifera e do ácaro Varroa destructor, parasita destes insetos. A metodologia consistiu em manter separadamente grupos formados por abelhas e ácaros, em gaiolas com óleos essenciais nas concentrações de 10 µL, 50 µL e 200 µL, sendo cada concentração um ensaio. Foram realizados tratamentos com água, anis, alecrim, canela, eucalipto, cravo e menta. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com seis tratamentos e quatro repetições. As abelhas e ácaros foram observados por seis horas, para a quantificação da mortalidade, em função dos tratamentos utilizados. Os óleos essenciais não afetaram as abelhas de forma significativa, contudo, os óleos de anis, canela, eucalipto e cravo causaram mortalidade significativa dos ácaros. Para a concentração de 10 µL, observou-se taxa de mortalidade de 70% para anis e canela, 77,5% para eucalipto e 75% para cravo. Na concentração de 50 µL, foram observados valores de 75% para cravo e canela, 90% para anis e 92,5% para eucalipto. Já na concentração de 200 µL, os valores de mortalidade foram de 92,5% para anis e eucalipto, 52,5% para canela e 87,5% para cravo. Com base na taxa de mortalidade observada, sugere-se que estas substâncias sejam usadas em substituição aos acaricidas convencionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Haralampidou da Costa Vieira, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Graduado em Ciências Biológicas

Mestre em Ecologia e Conservação

Doutor em Entomologia - área de Concentração: Apicultura

Wagner da Paz Andrade, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Graduado em Agronomica

Daniele Maria do Nascimento, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Graduanda em Agronomia

Downloads

Publicado

26-09-2012

Como Citar

VIEIRA, G. H. da C.; ANDRADE, W. da P.; NASCIMENTO, D. M. do. Uso de óleos essenciais no controle do ácaro Varroa destructor em Apis mellifera. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 42, n. 3, p. 317–322, 2012. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/18567. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Zootecnia