Qualidade de tangerinas ‘Ponkan’ em função da regularidade no raleio químico

Autores

  • Rodrigo Amato Moreira Universidade Federal de Lavras (UFLa)
  • José Darlan Ramos Universidade Federal de Lavras (UFLa)
  • Fábio Oseias dos Reis Silva Universidade Federal de Lavras (UFLa)
  • Ana Cláudia Costa Universidade Federal de Lavras (UFLa)

Palavras-chave:

Citrus reticulata Blanco, Ethephon, relação fonte-dreno.

Resumo

Pesquisas sugerem que o raleio químico, com concentrações adequadas de fitorreguladores, deve ser utilizado por mais de um ano, a fim de melhorar a qualidade de tangerinas ‘Ponkan’. Diante do exposto, o raleio químico foi aplicado por dois anos, neste estudo, com o objetivo de avaliar as características físico-químicas de tangerinas ‘Ponkan’ (Citrus reticulata Blanco). A avaliação foi realizada em pomar de tangerineiras com doze anos de idade, enxertadas sobre limoeiro ‘Cravo’ (Citrus limonia Osbeck), no espaçamento de 6,0 m entre as linhas e de 3,0 m entre as plantas. As plantas foram pulverizadas com quatro concentrações de Ethephon (200 mg L-1; 400 mg L-1; 600 mg L-1; e 800 mg L-1), após o período de queda fisiológica das frutas, quando estas estavam no estádio de desenvolvimento entre 25,0 mm e 30,0 mm de diâmetro transversal, em janeiro de 2009 e janeiro de 2010. Plantas sem pulverização foram utilizadas como controle. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro blocos e quatro plantas por parcela. Houve interação entre as concentrações de Ethephon e os anos de aplicação do raleio para percentual de raleio, número de frutas, massa, diâmetro transversal e longitudinal, teores de sólidos solúveis, acidez titulável, ratio e açúcares totais. Não foi observada influência das concentrações de Ethephon para o rendimento de suco. A regularidade do raleio químico, com a aplicação de Ethephon, aumentou a massa, diâmetro transversal e longitudinal, sólidos solúveis e ratio das tangerinas ‘Ponkan’.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

17-09-2012

Como Citar

MOREIRA, R. A.; RAMOS, J. D.; SILVA, F. O. dos R.; COSTA, A. C. Qualidade de tangerinas ‘Ponkan’ em função da regularidade no raleio químico. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 42, n. 3, p. 303–309, 2012. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/18181. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Produção Vegetal