ESTUDO DO EFEITO MOLUSCICIDA DE ESPÉCIES VEGETAIS EM EMBRIÕES E CARAMUJOS ADULTOS DE Biomphalaria glabrata SAY, 1818 (GASTROPODA, PLANORBIDAE)

Autores

  • Thiago José Matos Rocha
  • Bonifácio Pereira do Nascimento Filho
  • Bruno Dyego da Rocha Noé
  • Cristino Paciente Veiga Júnior
  • Gisela Nunes Costa
  • Madiane Brito Aragão
  • Aldenir Feitosa dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v42i2.25524

Palavras-chave:

Atividade moluscicida, Biomphalaria glabrata, Bioensaios.

Resumo

A esquistossomose é uma doença parasitária causada por helmintos trematódeos do gênero Schistosoma, que tem o ser humano como hospedeiro definitivo e os planorbídeos do gênero Biomphalaria como hospedeiros intermediários. É a segunda doença parasitária mais importante no mundo, atingindo mais de 220 milhões de pessoas. A busca por moluscicidas derivados de espécies vegetais tem sido intensificada como alternativa ao uso de moluscicidas sintéticos. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito moluscicida de Annona muricata e Jatropha elliptica no caramujo adulto e em suas desovas. Nos bioensaios, observou-se que os extratos etanólicos das espécies A. muricata e J. elliptica apresentaram efeito concentração-dependente com valores de DL90 68,3 e 41,1 mg/mL-1 , respectivamente, sobre o caramujo adulto, e DL90 27,7 e 24,0 mg/mL-1 sobre as suas desovas. As espécies vegetais investigadas neste trabalho apresentam efeito moluscicida e possivelmente podem ser fontes de compostos no controle da esquistossomose.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MATOS ROCHA, T. J.; DO NASCIMENTO FILHO, B. P.; DA ROCHA NOÉ, B. D.; VEIGA JÚNIOR, C. P.; NUNES COSTA, G.; BRITO ARAGÃO, M.; FEITOSA DOS SANTOS, A. ESTUDO DO EFEITO MOLUSCICIDA DE ESPÉCIES VEGETAIS EM EMBRIÕES E CARAMUJOS ADULTOS DE Biomphalaria glabrata SAY, 1818 (GASTROPODA, PLANORBIDAE). Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 42, n. 2, 2013. DOI: 10.5216/rpt.v42i2.25524. Disponível em: https://revistas.ufg.br/iptsp/article/view/25524. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS / ORIGINAL ARTICLES