PRECIPITAÇÕES MÁXIMAS DIÁRIAS ESPERADAS PARA AS REGIÕES CENTRAL E SUDESTE DE GOIÁS

Autores

  • Wilson Oliveira Mesquita UFG
  • Nori Paulo Griebeler UFG
  • Luiz Fernando Coutinho de Oliveira UFLA

Palavras-chave:

Chuva, hidrologia, período de retorno.

Resumo

Em projetos hidroagrícolas, principalmente aqueles relacionados à acumulação ou condução de água, é fundamental o conhecimento das precipitações esperadas para as diferentes condições. Neste sentido, este trabalho teve por objetivo a determinação da precipitação máxima esperada, para diferentes períodos de retorno (TR), para as regiões central e sudeste do Estado de Goiás. Foram utilizados dados diários de precipitação de 36 estações pluviométricas. Os dados foram obtidos a partir da base de dados da Agência Nacional de Águas (ANA), sendo organizados em planilha eletrônica e tratados com base na metodologia de Kimball, para a determinação do TR. Os resultados indicaram que as diferenças entre os valores extremos de precipitações máximas, para um mesmo TR, ultrapassaram, em 50%, a menor precipitação e que as regiões noroeste e sudeste da área estudada apresentam valores de precipitação esperados maiores, enquanto, nas regiões central e leste, os valores mostraram-se menores. Estes resultados enfatizam a necessidade de adoção de valores locais para o planejamento de obras hidráulicas.

 

PALAVRAS-CHAVE: Chuva; hidrologia; período de retorno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-03-2009

Como Citar

MESQUITA, W. O.; GRIEBELER, N. P.; OLIVEIRA, L. F. C. de. PRECIPITAÇÕES MÁXIMAS DIÁRIAS ESPERADAS PARA AS REGIÕES CENTRAL E SUDESTE DE GOIÁS. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 39, n. 2, p. 73–81, 2009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/5785. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico