EFEITO DE SOLUÇÕES DE ENXÁGUE NA REMOÇÃO DE RESÍDUOS DE MANCOZEB EM TOMATES DE MESA

Autores

  • Márcia Regina Ribeiro Alves Universidade Federal de Goiás
  • Maria Célia Lopes Torres Universidade federal de Goiás
  • Nilda de Fátima Ferreira Soares Universidade Federal de Viçosa
  • Nathália Ramos Melo Universidade Federal de Viçosa
  • Robson Maia Geraldine Universidade federal de Goiás
  • Eduardo Seiti Gomide Mizubuti Universidade federal de Viçosa
  • Míriam Fontes Araujo Silveira Universidade Federal de Goiás

Palavras-chave:

Agrotóxico, ditiocarbamatos, Lycopersicum esculentum Mill

Resumo

Dentre os agrotóxicos mais utilizados na cultura do tomate estão os fungicidas e, dentre estes, os mais aplicados na cultura são os ditiocarbamatos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência dos processos de enxágue de tomates de mesa, por imersão, com água potável e soluções de vinagre de álcool, bicarbonato de sódio e dicloroisocianurato de sódio dihidratado, utilizados na remoção do fungicida mancozeb. Foram realizadas análises de acidez, brix, atividade de água (aw), pH e teor de manganês. Foi avaliado o teor do fungicida na película e no fruto inteiro, pela quantificação do teor de manganês presente nas amostras. Observou-se que o processo de enxágue do fruto reduz, significativamente, a quantidade de resíduos nos tomates. A redução de mancozeb foi maior na película, onde está presente em maior concentração, e os enxágues com água potável e solução com bicarbonato de sódio removeram mais de 61% dos resíduos presentes na película dos tomates.

PALAVRAS-CHAVE: Agrotóxico; ditiocarbamatos; Lycopersicum esculentum Mill.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Regina Ribeiro Alves, Universidade Federal de Goiás

     Aluna do Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos -UFG

Maria Célia Lopes Torres, Universidade federal de Goiás

Professora da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Setor de Tecnologia de Alimentos- Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos

Nilda de Fátima Ferreira Soares, Universidade Federal de Viçosa

Professora do Departamento de Tecnologia de Alimentos/Universidade Federal de Viçosa-Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos

Nathália Ramos Melo, Universidade Federal de Viçosa

Bolsita Pós-Doutor no Deparatamento de Tecnologia de Alimentos-Universidade Federal de Viçosa-Área- Ciência e Tecnologia de Alimentos

Robson Maia Geraldine, Universidade federal de Goiás

Professor da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Setor de Tecnologia de Alimentos- Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos

Eduardo Seiti Gomide Mizubuti, Universidade federal de Viçosa

Professor do Departamento de Fitopatologia da Universidade Federal de Viçosa

Míriam Fontes Araujo Silveira, Universidade Federal de Goiás

Professora da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Setor de Tecnologia de Alimentos- Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos

Downloads

Publicado

05-04-2010

Como Citar

ALVES, M. R. R.; TORRES, M. C. L.; SOARES, N. de F. F.; MELO, N. R.; GERALDINE, R. M.; MIZUBUTI, E. S. G.; SILVEIRA, M. F. A. EFEITO DE SOLUÇÕES DE ENXÁGUE NA REMOÇÃO DE RESÍDUOS DE MANCOZEB EM TOMATES DE MESA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 1, p. 96–101, 2010. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/4593. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Ciência e Tecnologia de Alimentos