ALEITAMENTO MATERNO: UMA ABORDAGEM SOBRE O PAPEL DO ENFERMEIRO NO PÓS-PARTO

Autores

  • Nilza Alves Marques Almeida Faculdade de Enfermagem
  • Aline Garcia Fernandes Faculdade de Enfermagem
  • Cleide Gomes de Araújo Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v6i3.835

Resumo

RESUMO: Este estudo, de caráter descritivo, objetivou identificar a atuação do enfermeiro na promoção, incentivo e apoio ao aleitamento materno no pós-parto imediato. Realizou-se entrevista individual com 21 enfermeiras de três maternidades públicas de Goiânia-GO, Brasil. Os resultados revelaram que: 1) Todas as enfermeiras têm atuação e conhecimento específico em aleitamento materno; 2) Duas das maternidades possuem equipe multiprofissional de promoção, incentivo e apoio ao aleitamento materno, com participação do enfermeiro, e receberam o título de “Hospital Amigo da Criança”; 3) Somente uma maternidade apresenta estrutura física adequada, banco de leite humano e quantitativo de enfermeiros suficiente para a atuação eficaz e direcionada ao aleitamento materno; 4) Em uma das maternidades, o fonaudiólogo tem maior atuação em aleitamento materno do que o enfermeiro; 5) Em nenhuma das maternidades é realizada a sistematização da assistência de enfermagem. Concluiu-se que a atuação do enfermeiro na promoção, no incentivo e apoio ao aleitamento materno foi mais expressiva e efetiva na maternidade que apresenta filosofia, estrutura física e equipe multiprofissional de referência no parto humanizado. Esta maternidade recebeu os títulos de “Hospital Amigo da Criança” e “Maternidade Segura”. PALAVRAS-CHAVES: Enfermagem Materno-Infantil; Aleitamento Materno; Puerpério.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22/12/2006

Como Citar

1.
Almeida NAM, Fernandes AG, Araújo CG de. ALEITAMENTO MATERNO: UMA ABORDAGEM SOBRE O PAPEL DO ENFERMEIRO NO PÓS-PARTO. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 22º de dezembro de 2006 [citado 2º de fevereiro de 2023];6(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/835

Edição

Seção

Artigo Original