Formação Crítica acerca das Relações CTS em Cursos de Engenharia com Apoio dos Espaços Sociais da Web 2.0 – Análise de uma Intervenção Pedagógica

Authors

  • Simone Leal Schwertl Universidade Regional de Blumenau (FURB) http://orcid.org/0000-0002-8693-4220
  • Walter Antonio Bazzo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Andrea Brandão Lapa Universidade Federal de Santa Catarina

Abstract

Este artigo socializa uma intervenção pedagógica junto a alunos de cursos de engenharia, que teve como objetivo contribuir, com o apoio de espaços sociais da Web 2.0, para uma formação crítica das relações entre ciência, tecnologia e sociedade. São apresentados, além de substratos da fundamentação teórica que subsidia o desenho da referida intervenção, advindos de três grandes áreas: Educação Científica e Tecnológica, Formação crítica como prática pedagógica e Educação na cibercultura, também o desenho da prática pedagógica e uma análise crítico reflexiva orientada por duas categorias de análise: (i) ação dialógica e problematizadora com o apoio dos espaços sociais da Web 2.0 e (ii) consciência crítica acerca das relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Esta experiência de ensino-aprendizagem pode contribuir com aqueles que buscam encontrar novas rotas para promover, em cursos de engenharia, discussões sobre o desenvolvimento científico e tecnológico contemporâneo e seus impactos na sociedade.

Author Biography

Simone Leal Schwertl, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Graduação em Matemática pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1992), especialização em Desenho(1996), mestrado em Engenharia de Produção  pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999). Atualmente é professora titular da Fundação Universidade Regional de Blumenau. Atua na área de Cálculo Diferencial e Integral, Cálculo Numérico , Álgebra e Geometria. Doutora  em Educação Científica e Tecnológica - PPGECT (2016), na linha de pesquisa CTS com aproximação as discussões da cibercultura. Integrante da equipe do Projeto em Rede do Observatório de Educação da Capes (Núcleo 2) e do Grupo de Pesquisa Mídia-Educação e Comunicação Educacional (COMUNIC), bem como do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Tecnológica (NEPET/UFSC)

Published

23-08-2017