Cuidar de idosos institucionalizados: características e dificuldades dos cuidadores

Autores

  • Isabel Cristina dos Santos Colomé Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS
  • Alessandra Bernadete Trovó de Marqui Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Alice do Carmo Jahn Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS
  • Darielli Gindri Resta Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS
  • Rafaela de Carli Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS
  • Marisa Teresinha Winck Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS
  • Taís Trombetta Dalla Nora Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v13i2.9376

Palavras-chave:

Cuidadores, Idoso, Instituição de longa permanência para idosos, Enfermagem geriátrica.

Resumo

O aumento no número de idosos em nosso país faz com que muitos vivam em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), sendo assistidos por um cuidador. Este estudo objetivou conhecer as características e o trabalho de cuidadores de idosos institucionalizados, identificando as dificuldades enfrentadas no cotidiano. Trata-se de pesquisa exploratório-descritiva. Para a coleta de dados utilizou-se questionário semi-estruturado aplicado a onze cuidadores que atuavam em uma ILPI. Foi realizada a análise de conteúdo, modalidade temática. A maioria dos cuidadores era do sexo feminino, casado, tinha de 40 a 49 anos e possuía o primeiro grau incompleto. As dificuldades referidas permitiram a construção de duas categorias: “sobrecarga de trabalho e exigência física” e “necessidade de conhecimento para cuidar dos idosos”. Destaca-se a necessidade de (re)pensar a prática dos cuidadores, com vistas ao aprimoramento desses profissionais, de suas condições de trabalho e qualidade de vida.

Descritores: Cuidadores; Idoso; Instituição de longa permanência para idosos; Enfermagem geriátrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabel Cristina dos Santos Colomé, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Enfermeira, Mestre em Enfermagem, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Professora Assistente, Centro de Educação Superior Norte do RS (CESNORS), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: enfbel@yahoo.com.br.

Alessandra Bernadete Trovó de Marqui, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Graduação de Ciências Biológicas, Doutora em Genética, Professora Adjunto I, Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: alessandratrovo@hotmail.com.

Alice do Carmo Jahn, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem, Professor Assistente I, CESNORS, UFSM, Palmeira das Missões, RS, Brasil.

Darielli Gindri Resta, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Enfermeira, Mestre em Enfermagem, Doutoranda do PPGENF, UFRGS, Professora Assistente, CESNORS, UFSM. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: darielli2004@yahoo.com.br.

Rafaela de Carli, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem, CESNORS, UFSM. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: rafaeladcarli@yahoo.com.br.

Marisa Teresinha Winck, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem, CESNORS, UFSM. Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: marisa.winck@yahoo.com.br.

Taís Trombetta Dalla Nora, Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte do RS

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem, CESNORS, UFSM. . Palmeira das Missões, RS, Brasil. E-mail: taistrombetta@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

30/06/2011

Como Citar

1.
Colomé IC dos S, Marqui ABT de, Jahn A do C, Resta DG, Carli R de, Winck MT, Nora TTD. Cuidar de idosos institucionalizados: características e dificuldades dos cuidadores. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2011 [citado 19º de maio de 2022];13(2):306-12. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/9376

Edição

Seção

Artigo Original