PROMOÇÃO DE HABILIDADES GRÁFICAS NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO

Autores

  • Ana Cláudia Afonso Valladares Faculdade de Enfermagem
  • Ana Maria Pimenta Carvalho Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v8i1.934

Resumo

RESUMO: A hospitalização pode ter efeitos negativos sobre o desenvolvimento infantil. Este processo impede que a criança continue em sua rotina diária e freqüente ambientes estimuladores. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento e a qualidade da produção gráfica, antes e após intervenção em arteterapia, de crianças com idade de 7 a 10 anos internadas devido a moléstias infecciosas. Foi utilizado um esquema quasi experimental com grupo controle (n=09) e um grupo experimental (n=10) submetido a intervenções, tendo sido coletado material para avaliação antes e após a intervenção. Os resultados mostram que estas foram eficazes em promover a qualidade das produções. Conclui-se que os hospitais podem ser ambientes estimulantes para a criança, implementando suas práticas de cuidados para além da doença. PALAVRAS CHAVES: Terapia pela arte; Enfermagem Pediátrica; Hospitalização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29/12/2006

Como Citar

1.
Valladares ACA, Carvalho AMP. PROMOÇÃO DE HABILIDADES GRÁFICAS NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 29º de dezembro de 2006 [citado 25º de maio de 2022];8(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/934

Edição

Seção

Artigo Original