RISCO PARA PATERNIDADE OU MATERNIDADE PREJUDICADA EM FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE RISCO DA REGIÃO LESTE DE GOIÂNIA.

Autores

  • Viviane Meirelles de Oliveira Faculdade de Enfermagem
  • Maria Márcia Bachion Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v7i2.887

Resumo

RESUMO: Famílias em situação de risco social enfrentam múltiplos problemas que podem levar à alterações de saúde. Objetivamos identificar a ocorrência do D.E. “Risco para paternidade ou maternidade prejudicada” em famílias em situação de risco cadastradas por uma equipe do Programa de Saúde da Família de Goiânia. Trata-se de pesquisa descritiva realizada nos meses de abril a junho de 2004, mediante entrevista e observação direta de 30 famílias em situação de risco, selecionadas por sorteio entre as 106 famílias cadastradas pela equipe local. Apresentaram o diagnóstico em estudo 86,66% da amostra. Formam identificados nestas famílias de 05 a 39 fatores de risco, sendo a média de 18,23. Os fatores de risco identificados com freqüência maior ou igual a 50% foram: Classe socioeconômica baixa; Dificuldades financeiras; Falta de recursos; Pobreza; Ambiente doméstico pobre; Gravidez não-planejada ou não-desejada; Criança não-desejada ou não-planejada; Falta de uma rede social de apoio; Isolamento social; Baixo nível ou desenvolvimento educacional; Falta de acesso a recursos; Falta de transporte; Desemprego; Fracas habilidades para resolução de problemas; e Trabalho de parto e ou partos difíceis. Estes resultados nos permitem concluir que o risco para paternidade/ maternidade prejudicada apresentou-se com alta freqüência entre as famílias participantes, o que aponta para a necessidade dos enfermeiros se instrumentalizarem para prestar atendimento adequado a esta população, uma vez que a formação dos profissionais carece desta abordagem. PALAVRAS CHAVE: Grupos de Risco; Diagnóstico de Enfermagem; Enfermagem Obstétrica

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26/12/2006

Como Citar

1.
Oliveira VM de, Bachion MM. RISCO PARA PATERNIDADE OU MATERNIDADE PREJUDICADA EM FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE RISCO DA REGIÃO LESTE DE GOIÂNIA. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 26º de dezembro de 2006 [citado 20º de maio de 2022];7(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/887

Edição

Seção

Artigo Original