A formação do enfermeiro e a gestão do sistema de saúde

Autores

  • Cláudia Aarestrup Universidade Federal Fluminense, Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial
  • Cláudia Mara de Melo Tavares Universidade Federal Fluminense, Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10i1.8015

Palavras-chave:

Enfermagem, Gestão em Saúde, Sistema de Saúde, Educação.

Resumo

O modelo de gestão de sistema de saúde atual encontra-se numa fase de transformação, sendo valorizada a contribuição dos enfermeiros para implantar, manter e desenvolver políticas de saúde para o adequado funcionamento do Sistema Único de Saúde. Este estudo tem como objetivo analisar as contribuições da formação do enfermeiro para a gestão do sistema de saúde. Foi efetuada uma revisão de literatura, no período de janeiro de 1993 a outubro de 2007, nas bases de dados LILACS, SciELO e BDENF, buscou-se nos artigos os modos de atuação do enfermeiro nos diferentes campos da gestão do sistema de saúde, identificando fatores intervenientes no processo de gestão e aspectos relacionados à sua formação. Os resultados obtidos foram organizados em duas categorias: desempenho do papel de gestor pelo enfermeiro e a formação do enfermeiro para gestão de sistemas de saúde. O estudo permite concluir que a inadequação da formação acadêmica à realidade de saúde do país pode explicar o despreparo das equipes de saúde para assumirem a gerência do sistema de saúde e que a orientação crítica na formação do enfermeiro nos últimos anos favorece o desempenho do papel de gestor de sistemas de saúde.

Palavras chave: Enfermagem; Gestão em Saúde; Sistema de Saúde; Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01/11/2009

Como Citar

1.
Aarestrup C, Tavares CM de M. A formação do enfermeiro e a gestão do sistema de saúde. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de novembro de 2009 [citado 7º de julho de 2022];10(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/8015

Edição

Seção

Artigo de Revisão