REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL ATRAVÉS DAS OFICINAS TERAPÊUTICAS E/OU COOPERATIVAS SOCIAIS

Autores

  • Ana Cláudia Afonso VALLADARES1 Faculdade de Enfermagem
  • Nadja Cristiane LAPPANN-BOTTI Faculdade de Enfermagem
  • Rosâne MELLO Faculdade de Enfermagem
  • Luciane P KANTORSKI Faculdade de Enfermagem
  • Maria Cecília M SCATENA Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v5i1.768

Resumo

RESUMO: As oficinas terapêuticas e as cooperativas sociais, enquanto dispositivos da atual Política Nacional de Saúde Mental, objetivam se diferenciar das práticas antecessoras, práticas decorrentes da idéia de estabelecer o trabalho como um recurso terapêutico, conhecido como ‘tratamento moral’. Neste contexto, entende-se que as oficinas, não se apresentam por si só uma forma inaugural de lidar com a loucura. A experiência do trabalho das oficinas e/ou cooperativas torna-se positiva quando uma de suas funções é também o de intervir no campo da cidadania. Assim, atuando no âmbito social, contribui como possibilidade de transformação da realidade atual no que diz respeito ao tratamento psiquiátrico. Palavras Chaves: Reforma Psiquiátrica, Reabilitação Psicossocial, Oficinas Terapêuticas, Cooperativas Sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21/12/2006

Como Citar

1.
VALLADARES1 ACA, LAPPANN-BOTTI NC, MELLO R, KANTORSKI LP, SCATENA MCM. REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL ATRAVÉS DAS OFICINAS TERAPÊUTICAS E/OU COOPERATIVAS SOCIAIS. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 21º de dezembro de 2006 [citado 24º de maio de 2022];5(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/768

Edição

Seção

Artigo de Revisão