Fatores socioeconômicos, incapacidade funcional e número de doenças entre idosos

Autores

  • Silvia Aparecida Locatelli dos Santos Secretaria Municipal de Saúde
  • Darlene Mara dos Santos Tavares Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Maria Helena Barabosa Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i4.7628

Palavras-chave:

Idoso, Doença crônica, Atenção primária à saúde

Resumo

doi: 10.5216/ree.v12i4.7628

O processo de envelhecimento humano é multifatorial e, para que ocorra com qualidade, vários fatores devem ser considerados, como: sexo, arranjo familiar, educação, renda, doenças crônicas e capacidade funcional. Visando aprofundar estes aspectos essa pesquisa objetivou comparar o número de morbidades dos idosos, com sexo, escolaridade, renda, uso de serviços de saúde e número de incapacidades funcionais. Participaram 2.912 idosos entrevistados no domicílio, selecionados através da técnica de amostragem estratificada proporcional com seleção sistemática, considerando os bairros como estratos. Os dados foram digitados em dupla entrada, no EpiInfo3.2. Realizou-se análise descritiva e o teste qui-quadrado (p<0,05). A maioria dos idosos é do sexo feminino; com 60|-70 anos; possui 3|-8 anos de estudo; recebe de 1|-|3 salários mínimos; procurou o serviço de saúde nos últimos 12 meses; não foram internados; realizou exame nos últimos 12 meses; teve problema no atendimento do serviço de saúde, com destaque para o longo tempo de espera, apresenta de 1|-3 incapacidade funcional e possui, em média, quatro morbidades. O maior número de morbidades é proporcionalmente maior nas mulheres; entre os idosos sem escolaridade; com menor renda individual; que procuram mais pelo serviço de saúde; que apresentam maior frequência de internação e maior número de incapacidades funcional.

Descritores: Idoso; Doença crônica; Atenção primária à saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Aparecida Locatelli dos Santos, Secretaria Municipal de Saúde

Enfermeira. Enfermeira, Secretaria Municipal de Saúde de Barretos. Barretos, SP, Brasil. E-mail: silvia_locatelli@hotmail.com.

Darlene Mara dos Santos Tavares, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto, Departamento de Enfermagem em Educação e Saúde Comunitária, Curso de Graduação em Enfermagem (CGE), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Uberaba, MG, Brasil. E-mail: darlenetavares@netsite.com.br.

Maria Helena Barabosa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem na Saúde do Adulto. Professor Adjunto, Departamento de Enfermagem na Assistência Hospitalar, CGE, UFTM. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: mhelena331@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2010

Como Citar

1.
Santos SAL dos, Tavares DM dos S, Barabosa MH. Fatores socioeconômicos, incapacidade funcional e número de doenças entre idosos. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2010 [citado 28º de maio de 2022];12(4):692-7. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7628

Edição

Seção

Artigo Original