A cultura no cuidado familiar à criança vítima de queimaduras

Autores

  • Maria Eliane Maciel de Brito Instituto Dr. José Frota
  • Ana Kelve de Castro Damasceno Universidade Federal do Ceará, Departamento de Enfermagem
  • Patrícia Neyva da Costa Pinheiro Universidade Federal do Ceará, Departamento de Enfermagem
  • Luiza Jane Eyre de Souza Vieira Universidade de Fortaleza

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i2.7457

Palavras-chave:

Enfermagem pediátrica, Cuidados de enfermagem, Antropologia cultural.

Resumo

O cuidado de enfermagem à criança queimada está diretamente relacionado à aceitação da família, tendo os pais como parceiros e informantes das condições de saúde da vítima. Objetivou-se compreender como as crenças, valores e estilo de vida das famílias influenciam no cuidado de crianças vítimas de queimaduras internadas em um Centro de Tratamento de Queimados. Pesquisa etnográfica realizada em um Hospital de Urgência e Emergência, em Fortaleza, Ceará, no período de abril a agosto de 2008,na qual a coleta e a análise dos dados se embasaram na Etnoenfermagem. Na ordenação e análise dos dados adotaram-se as seguintes etapas: coleta de descritos e documentos; agrupamento dos dados; análise contextual de temas principais; descobertas de pesquisa; formulações teóricas e recomendações. Das análises surgiram três categorias: A criança é muito danada;A gravidade da situação; Ter mais cuidado.Conforme o estudo durante a internação, as mães, apesar de possuírem seus conhecimentos culturais, aprenderam muito, tinham muitas dúvidas e refletiram sobre o próprio cuidado com seus filhos.É,pois, imprescindível que o enfermeiro utilize estratégias que inerentes à cultura familiar com vistas a cuidar de forma individualizada, criando vínculos com essas crianças e família.

Descritores: Enfermagem pediátrica; Cuidados de enfermagem; Antropologia cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eliane Maciel de Brito, Instituto Dr. José Frota

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Enfermeira do Centro de Tratamento de Queimados, Instituto Dr. José Frota. Fortaleza, CE, Brasil.

Ana Kelve de Castro Damasceno, Universidade Federal do Ceará, Departamento de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto, Departamento de Enfermagem, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, CE, Brasil.

Patrícia Neyva da Costa Pinheiro, Universidade Federal do Ceará, Departamento de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto, Departamento de Enfermagem, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, CE, Brasil.

Luiza Jane Eyre de Souza Vieira, Universidade de Fortaleza

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Titular, Universidade de Fortaleza. Fortaleza, CE, Brasil.

Downloads

Publicado

05/07/2010

Como Citar

1.
Brito MEM de, Damasceno AK de C, Pinheiro PN da C, Vieira LJE de S. A cultura no cuidado familiar à criança vítima de queimaduras. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 5º de julho de 2010 [citado 27º de maio de 2022];12(2):321-5. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7457

Edição

Seção

Artigo Original