ASSISTÊNCIA HOSPITALAR AO PACIENTE PORTADOR DE QUEIMADURAS NA PERSPECTIVA DO CONTROLE DE INFECÇÃO: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Milca Severino Pereira Faculdade de Enfermagem
  • Adenícia Custódia Silva e Souza Faculdade de Enfermagem
  • Anaclara Ferreira Veiga Tipple Faculdade de Enfermagem
  • Ariadna Pires Damaceno Faculdade de Enfermagem
  • Keila de Castro Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v4i1.743

Resumo

RESUMO: A infecção em queimaduras é muito comum, pelo comprometimento do principal mecanismo de defesa: a pele. Identificar e analisar as medidas adotadas para a prevenção e controle das infecções, foram objetivos deste estudo. A pesquisa constituiu-se em um estudo de caso e os dados foram obtidos através de observação sistematizada e de um questionário aplicado às equipes médica e de enfermagem. Os resultados mostraram deficiências relacionadas ao controle de infecção. Constatamos a necessidade de treinamento e atualização com enfoque no controle de infecção tanto no cuidado direto ao paciente como no processamento dos instrumentos utilizados para esse cuidado. Faz-se necessária a adequação de condutas atinentes à prevenção e ao controle das infecções hospitalares. PALAVRAS CHAVES: queimaduras, infecção hospitalar, prevenção e controle.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21/12/2006

Como Citar

1.
Pereira MS, Souza ACS e, Tipple AFV, Damaceno AP, Castro K de. ASSISTÊNCIA HOSPITALAR AO PACIENTE PORTADOR DE QUEIMADURAS NA PERSPECTIVA DO CONTROLE DE INFECÇÃO: UM ESTUDO DE CASO. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 21º de dezembro de 2006 [citado 17º de maio de 2022];4(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/743

Edição

Seção

Relato de Experiência