TÓPICOS SOBRE SENSUALIDADE, SEXUALIDADE E EMANCIPAÇÃO: UM SURVEY SOBRE AS MULHERES NEGRAS.

Autores

  • Isabel Cristina Fonseca da Cruz Faculdade de Enfermagem
  • Andréia Soares Pinto Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v3i2.720

Resumo

Resumo: Tópicos sobre sensualidade, sexualidade e emancipação: um survey sobre as mulheres negras. O desconhecimento sobre o bem-estar das mulheres negras compromete as políticas públicas. Para delinear o perfil deste segmento populacional, foi aplicado o questionário CEAP-Data-Uff a 1172 pessoas, no Estado do Rio. A amostra é de 297 mulheres que se auto-declararam pardas ou pretas (25,3%). Destas, 46,5% estão insatisfeitas com a própria aparência. Quanto à emancipação, 93% referem a necessidade de se organizar e 74,7% têm uma escolaridade inferior ao 2o grau. A renda de 42,3% é inferior a R$ 151 e 38% não têm renda. Concluiu-se que o sexismo e o racismo reservaram para as mulheres negras a subalternidade pois as evidências revelaram poucas chances de ascensão social. Portanto, a proposição de políticas públicas deve contemplar as necessidades deste segmento significativo e vulnerável da população.  Unitermos: racismo – mulher – negros – saúde

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21/12/2006

Como Citar

1.
Cruz ICF da, Pinto AS. TÓPICOS SOBRE SENSUALIDADE, SEXUALIDADE E EMANCIPAÇÃO: UM SURVEY SOBRE AS MULHERES NEGRAS. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 21º de dezembro de 2006 [citado 24º de maio de 2022];3(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/720

Edição

Seção

Artigo Original