Representações sociais do Biodireito elaboradas pelos estudantes de enfermagem e direito

Autores

  • Cristina Maria Miranda de Sousa Universidade Federal do Rio Grande do Nort
  • Maria Eliete Batista Moura NOVAFAPI
  • Maria do Socorro da Costa Feitosa Alves Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Robertônio Santos Pessoa Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v9i1.7141

Palavras-chave:

Direito à Saúde, Psicologia Social, Biossegurança.

Resumo

Este estudo tem como objeto as Representações Sociais do Biodireito. Objetivou apreender as Representações Sociais do Biodireito e analisar como essas representações se articulam com a qualidade das ações desenvolvidas por esses estudantes de graduação em enfermagem e direito relacionadas à prevenção e ao controle das infecções hospitalares. Trata-se de pesquisa exploratória, desenvolvida na Faculdade NOVAFAPI, com 178 estudantes, que foram submetidos ao Teste de Associação Livre de Palavras e feito a Análise Fatorial de Correspondência. Os estudantes de direito, representaram o Biodireito como o direito à vida, proteção ao meio ambiente, ecossistema, ciência e ética. Os estudantes de Enfermagem representaram o Biodireito como o estudo do direito, o advogado como protetor do povo, justiça, ecologia, vida, estabilidade, dignidade, direito do cidadão a ter saúde, justiça e ética. Assim, o Biodireito foi relacionado não somente com a vida e meio ambiente, mas também com a justiça social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

06/09/2009

Como Citar

1.
Sousa CMM de, Moura MEB, Alves M do S da CF, Pessoa RS. Representações sociais do Biodireito elaboradas pelos estudantes de enfermagem e direito. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 6º de setembro de 2009 [citado 19º de maio de 2022];9(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7141

Edição

Seção

Artigo Original