O impacto negativo dos transtornos do uso e abuso do álcool na convivência familiar

  • Francisco Arnoldo Nunes de Miranda Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Clélia Albino Simpson Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Dulcian Medeiros de Azevedo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Shirley da Silva Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Alcoolismo, Família, Enfermagem.

Resumo

O uso e abuso do álcool progride de forma lenta e insidiosa evoluindo para cronificação acarretando imensuráveis problemas no processo saúde-doença do indivíduo e da família em todo o mundo. O presente estudo analisou o impacto negativo na convivência familiar relacionado aos transtornos do uso e abuso do álcool. Trata-se de uma pesquisa de campo com abordagem qualitativa centrada nos desabafos de familiares proferidos espontaneamente no ato da admissão de um serviço de urgência psiquiátrica na região metropolitana do Natal/RN. O instrumento técnico-metodológico da coleta de dados foi a escuta ativa-pesquisa. A partir dos modelos explicativos os desabafos foram agrupados, predominando o moral associado ao ético-legal. Os achados revelam que o modelo explicativo moral do uso e abuso de álcool é mais bem explicado pelos familiares, embora o sentido moralizante também seja captado nas falas que ilustram os demais modelos. Verificamos uma dificuldade em aceitar a condição de doente, mesmo que o alívio das tensões decorrentes do cuidar do alcoolista seja o hospital. Muitas são as propostas explicativas e terapêuticas para a problemática, todavia não podemos perder de vista a necessidade de promover ações educativas permanentes que garantam aos portadores e familiares uma maior compreensão dos problemas vivenciados e uma melhor adequação dos anos vividos ajustados a capacidade perdida em virtude de todas as alterações ocorridas no decurso do uso e abuso do álcool em seu processo saúde-doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
28-08-2009
Como Citar
Miranda, F., Simpson, C., Azevedo, D., & Costa, S. (2009). O impacto negativo dos transtornos do uso e abuso do álcool na convivência familiar. Revista Eletrônica De Enfermagem, 8(2). https://doi.org/10.5216/ree.v8i2.7037
Seção
Artigo Original