TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV: INFORMAÇÕES DAS GESTANTES ATENDIDAS EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA DE GOIÂNIA.

Autores

  • Cristiane C. F. Guilherme Faculdade de Enfermagem
  • Érika Ferreira de Faria Faculdade de Enfermagem
  • Patrícia Antunes de Moraes Faculdade de Enfermagem
  • Suziane Fernandes Borges Faculdade de Enfermagem
  • Maria Tereza Hagen de Godoy Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v2i2.688

Resumo

RESUMO: As mulheres hoje, principalmente em idade fértil, têm sido alvo da contaminação pelo vírus HIV o que tem contribuído de forma assustadora para o crescimento do número de casos em recém-nascidos. A AIDS, uma vez identificada e tratada precocemente, diminui o risco de transmissão perinatal. Sendo as mulheres favorecidas de um aparelho mais suscetível às doenças sexualmente transmissíveis, a incidência do risco de transmissão do vírus HIV é preocupante e requer atenção especial, principalmente na gestante, pois está em risco também o bem estar do feto e de outros filhos, se houver. Esta pesquisa foi realizada em uma maternidade pública de Goiânia-GO em outubro de 1999, com o objetivo de verificar o conhecimento das gestantes sobre a transmissão vertical do HIV, bem como conhecer o que pensam sobre a realização do teste de HIV durante o pré-natal. A partir da análise dos resultados da pesquisa, constatou-se que das gestantes entrevistadas, 96% têm conhecimentos sobre o que é AIDS e 94% sabem do risco da transmissão vertical. 100% delas concordam com a realização do teste HIV, sendo que 60% realizaram o teste e destas, apenas 18% foram orientadas pela equipe de saúde que as atenderam. As demais receberam estas informações de outras fontes. Concluímos que as gestantes sabem o que é e como se transmite o HIV, porém os serviços de aconselhamento ainda são deficitários. UNITERMOS: pré-natal, HIV, AIDS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15/12/2006

Como Citar

1.
Guilherme CCF, Faria Érika F de, Moraes PA de, Borges SF, Godoy MTH de. TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV: INFORMAÇÕES DAS GESTANTES ATENDIDAS EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA DE GOIÂNIA. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 15º de dezembro de 2006 [citado 5º de julho de 2022];2(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/688

Edição

Seção

Artigo Original