AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DAS MEDIDAS DE PRECAUÇÕES PADRÃO EM CATEGORIAS ESPECÍFICAS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Autores

  • Tatiane M. Pereira Faculdade de Enfermagem
  • Kézia F. Castro Faculdade de Enfermagem
  • Tatiana O. Santos Faculdade de Enfermagem
  • Marinésia A. Prado Faculdade de Enfermagem
  • Ana L. N. Junqueira Faculdade de Enfermagem
  • Maria A. Barbosa Faculdade de Enfermagem
  • Sheila A. Teles Faculdade de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v1i1.665

Resumo

RESUMO - Uma pesquisa em profissionais da área da saúde que provavelmente tem intensa e freqüente exposição a sangue e outros fluídos orgânicos (anestesiologistas) foi conduzida para avaliar a freqüência de relatos de exposição ocupacional a sangue e/ou outros fluídos orgânicos e o conhecimento e aderência destes profissionais as medidas de precauções padrão. De todos os profissionais entrevistados, 62,8% relataram acidentes ocupacionais com sangue e/ou outros fluídos orgânicos, seja através de lesão percutânea e/ou contato em membrana mucosa, todos relataram conhecimento acerca das medidas de precauções padrão e a maioria referirou a adoção de tais medidas e vacinação contra hepatite B. No entanto, observou-se na prática desses profissionais uma pobre aderência às medidas de precaução, principalmente, em relação ao uso de máscaras, óculos protetores e lavagem das mãos. Esse estudo enfatiza a importância do desenvolvimento de novas estratégias para o treinamento em precauções padrão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14/12/2006

Como Citar

1.
Pereira TM, Castro KF, Santos TO, Prado MA, Junqueira ALN, Barbosa MA, Teles SA. AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DAS MEDIDAS DE PRECAUÇÕES PADRÃO EM CATEGORIAS ESPECÍFICAS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 14º de dezembro de 2006 [citado 24º de maio de 2022];1(1). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/665

Edição

Seção

Artigo Original