Compromissos diante da violência doméstica: olhar de universitários como cidadãos e futuros profissionais

Autores

  • Daniele Ferreira Acosta Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, nieleacosta@gmail.com. https://orcid.org/0000-0001-5690-1076
  • Priscila do Amaral Nunes Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, prikaenfermagem@hotmail.com. https://orcid.org/0000-0001-6033-9362
  • Samanta Costa Calcagno Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, samantacalcagno@hotmail.com.
  • Pamela Medina Conceição Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, paam_medina@hotmail.com.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v23.66038

Palavras-chave:

Violência Doméstica, Ensino, Universidades, Obrigações Morais, Responsabilidade Social

Resumo

Objetivo: analisar o conhecimento de universitários sobre os compromissos, profissionais e cidadãos, diante da violência doméstica contra a mulher. Métodos: pesquisa qualitativa realizada nas casas do estudante da Universidade Federal do Rio Grande, em Rio Grande/RS, no ano de 2019. Foram convidados, aleatoriamente, dois homens e duas mulheres de cada casa, totalizando 28 participantes. Todos responderam a entrevistas semiestruturadas e o corpus foi analisado segundo a Análise de Conteúdo. Resultados: enquanto alguns universitários não aproximavam a temática com seus cursos de graduação, outros a reconheciam como importante tema de debate e compromisso com a formação profissional. Como cidadãos, mencionaram o dever de debater o assunto entre amigos, denunciar casos de violência, oferecer apoio à mulher; embora apresentassem dúvidas sobre essa conduta. Conclusão: o reconhecimento dos compromissos frente à violência doméstica contra a mulher é uma das estratégias de enfrentamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Marques ES, Moraes CL, Hasselmann MH, Deslandes SF, Reichenheim ME. A violência contra mulheres, crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela COVID-19: panorama, motivações e formas de enfrentamento. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];36(4):e00074420. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311x00074420.

Vieira PR., Garcia LP, Maciel ELN. Isolamento social e o aumento da violência doméstica: o que isso nos revela? Rev. bras. epidemiol. [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];23:e200033. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-549720200033.

Secretaria da Segurança Pública. Indicadores da Violência contra a Mulher - Lei Maria da Penha [Internet]. Porto Alegre: SSP/RS; 2020. [atualizado em: 08 jul. 2021; acesso em: 12 jun. 2018; acesso em: 20 jul. 2021]. Disponível em: https://ssp.rs.gov.br/indicadores-da-violencia-contra-a-mulher.

Roseboom TJ. Violence against women in the covid-19 pandemic: we need upstream approaches to break the intergenerational cycle. BMJ [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];369:m2327. Disponível em: https://doi.org/10.1136/bmj.m2327.

Lermem HS.; Cúnico SD. Análise dos comentários de notícias sobre violência contra as mulheres. Estud. psicol. (Natal) [Internet]. 2018 [acesso em: 20 jul. 2021];23(1):78-8. Disponível em: https://doi.org/10.22491/1678-4669.20180009.

Paixão GPN, Pereira A, Gomes NP, Sousa AR, Estrela FM, Silva Filho URP et al. Naturalization, reciprocity and marks of marital violence: male defendants' perceptions. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2018 [acesso em: 20 jul. 2021];71(1):178-84. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0475.

Arboit J, Padoin SMM, Paula CC. Critical path of women in situation of violence: an integrative literature review . Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2019 [acesso em: 20 jul. 2021];72(suppl. 3):321-32. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0265.

Acosta DF, Gomes VLO, Oliveira DC, Gomes GC, Fonseca AD. Aspectos éticos e legais no cuidado de enfermagem às vítimas de violência doméstica. Texto contexto – enferm. [Internet]. 2017 [acesso em: 20 jul. 2021];26(3):e6770015. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0104-07072017006770015.

Instituto de Pesquisa DataSenado; Observatório da Mulher contra a Violência; Secretaria da Transparência. Violência doméstica e familiar contra a mulher. Pesquisa DataSenado [Internet]. Brasília: Senado Federal; 2017 [acesso em: 20 jul. 2021]. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/institucional/datasenado/arquivos/aumenta-numero-de-mulheres-que-declaram-ter-sofrido-violencia.

Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 [Internet]. Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8º do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; altera o Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal; e dá outras providências. Diário Oficial da União. 08 ago. 2006 [acesso em: 20 jul. 2021]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm.

Nunes MT. Os percalços enfrentados por uma graduanda em geografia para desenvolver seu trabalho de conclusão de curso abordando questões de gênero. Revista Latino-americana de Geografia e GêneroRevista Latino Americana de Geografia e Gênero [Internet]. 2019 [acesso em: 20 jul. 2021]; 10(2): 305-319. Disponível em: Available from: https://doi.org/10.5212/Rlagg.v.10.i2.0018.

Simões AV, Machado JC, Soares IGB, Rodrigues VP, Pires VMMM, Penna LHG. Identificação e conduta da violência doméstica contra a mulher sob a ótica dos estudantes universitáriosIdentificação e conduta da violência doméstica contra a mulher sob a ótica dos estudantes universitários. Enfermería Actual de Costa Rica [Internet]. 2019 [acesso em: 20 jul. 2021];(37):95-109. Disponível em: https://www.scielo.sa.cr/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1409-45682019000200095.

Alshammari KF, McGarry J, Higginbottom GMA. Nurse education and understanding related to domestic violence and abuse against women: an integrative review of the literature. Nurs Open [Internet]. 2018 [acesso em: 20 jul. 2021];5(3):237-53. Disponível em: https://doi.org/10.1002/nop2.133.

Bardin L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Silva LL. Políticas de formação de professores(as) universitários(as) em São Paulo e Catalunha: tendências e desafios. Educ. Pesqui. [Internet]. 2017 [acesso em: 20 jul. 2021];43(1):113-26. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s1517-9702201701158662.

Finkler M. Formação profissional e/ou educação universitária: de onde viemos, para onde vamos? Interface [Internet]. 2017 [acesso em: 20 jul. 2021]; 21(61): 465-8. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1807-57622016.0753.

Dornelles AP. Estudantes desenvolvem soluções de combate à violência contra a mulher. Unochapecó [Internet]. Chapecó: Unochapecó; 14 ago. 2018 [acesso em: 20 jul. 2021]. Disponível em: https://www.unochapeco.edu.br/noticias/estudantes-desenvolvem-solucoes-de-combate-a-violencia-contra-a-mulher.

Montrone AVG, Fabbro MRC, Dias TCM, Fusari LM, Moreira DB. Violência de gênero numa universidade pública brasileira: saindo da invisibilidade. Revista Gênero [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];21(1):6-23. Disponível em: https://periodicos.uff.br/revistagenero/article/view/46596.

Yilmaz FA, Taplak AS. Relationship between self-esteem, perception of gender and attitudes towards dating violence among university students. Perspect Psychiatr Care [Internet]. 2021 [acesso em: 20 jul. 2021];57(2):911-9. Disponível em: https://doi.org/10.1111/ppc.12634.

Kelmendi K, Baumgartner F. Exploring Violence Socialization and Approval of Intimate Partner Violence Among University Students in Kosovo. J Interpers Violence [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];35(5-6):1081–107. Disponível em: https://doi.org/10.1177/0886260517692336.

Torrada L, Ribeiro PRC, Rizza JL. Estratégias de resistência possibilitando o debate de gênero e sexualidade na escola. Revista Contexto & Educação [Internet]. 2020 [acesso em: 20 jul. 2021];35(111): 46-63. Disponível em: https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.111.46-63.

Aguiar FAR, Silva RM, Bezerra IC, Vieira LJES, Calvancati LF, Ferreira Júnior AR. Vocational training and sexual assault against women: challenges for graduation in nursing. Esc. Anna Nery [Internet]. 2019 [acesso em: 20 jul. 2021];24(1):e20190135. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2019-0135.

Carneiro AA, Fraga CK. A Lei Maria da Penha e a proteção legal à mulher vítima em São Borja no Rio Grande do Sul: da violência denunciada à violência silenciada. Serv. Soc. Soc. [Internet]. 2012 [acesso em: 20 jul. 2021];(110):369-97. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0101-66282012000200008.

Guruge S, Zanchetta MS, Roche B, Lucchese SP. Novas vidas, novos desafios: acesso a serviços de violência por parceiro íntimo para mulheres imigrantes de língua portuguesa Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 2019 [acesso em: 20 jul. 2021];21:55653. Disponível em: https://doi.org/10.5216/ree.v21.55653.

Albuquerque Netto L, Moura MAV, Queiroz ABA, Leite MFC, Silva GF. Isolamento de mulheres em situação de violência pelo parceiro íntimo: uma condição em redes sociais. Esc. Anna Nery [Internet]. 2017 [acesso em: 20 jul. 2021];21(1):e20170007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ean/a/vmFS8554cXpP3NQKNyTkPPb/abstract/?lang=pt.

Publicado

09/09/2021

Como Citar

1.
Acosta DF, Nunes P do A, Calcagno SC, Conceição PM. Compromissos diante da violência doméstica: olhar de universitários como cidadãos e futuros profissionais. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 9º de setembro de 2021 [citado 22º de maio de 2022];23. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/66038

Edição

Seção

Artigo Original