Validação do Body-related Self-Conscious Emotions Fitness Instrument para estudantes universitários brasileiros

Autores

  • Virgínia Souza Santos Universidade Federal de Viçosa (UFV), Rio Paranaíba, Minas Gerais, Brasil, virginiasantos@ufv.br.
  • Cíntia Tavares Carleto Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Uberaba, Minas Gerais, Brasil, carletoctc@yahoo.com.br. https://orcid.org/0000-0002-8836-6167
  • Vanderlei José Haas Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Uberaba, Minas Gerais, Brasil, vjhaas@uol.com.br. https://orcid.org/0000-0001-8743-0123
  • Leila Aparecida Kauchakje Pedrosa Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Uberaba, Minas Gerais, Brasil, leila.kauchakje@terra.com.br.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v23.65567

Palavras-chave:

Imagem Corporal, Aptidão Física, Universidades, Estudantes, Estudos de Validação

Resumo

Objetivo: Avaliar as propriedades psicométricas da versão adaptada para a língua portuguesa brasileira do Body-related Self- Conscious Emotions Fitness Instrument. Método: Para verificar a validade utilizou-se a validade estrutural, comparação entre grupos conhecidos e validade convergente. Analisou-se a confiabilidade por meio da avaliação da consistência interna, mediante o Alfa de Cronbach, e pela estabilidade por meio do teste-reteste. Resultados: Participaram da pesquisa 719 estudantes, com idade média de 21,20±3,66 anos. A Análise Fatorial Confirmatória evidenciou quatro fatores e confirmou a estrutura do instrumento original. A versão adaptada do Body-related Self-Conscious Emotions Fitness Instrument apresentou validade de construto por grupos conhecidos, validade convergente, boa confiabilidade, e estabilidade teste-reteste. Conclusão: O Body-related Self-Conscious Emotions Fitness Instrument é o primeiro instrumento válido e confiável, que poderá ser utilizado no Brasil na prática clínica e de pesquisa para avaliar as emoções autoconscientes relacionadas ao preparo físico e à forma física de estudantes universitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Miranda RF, Almeida TS, Oliveira TC, Souza CS, Abranches MV. A estetização da saúde: dieta, atividade física e insatisfação corporal. Invest Qualit Saúde [Internet]. 2017 [acesso em: 15 fev. 2021];2:502-12. Disponível em: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2017/article/view/1498.

Castonguay AL, Sabiston CM, Kowalski KC, Wilson PM. Introducing an instrument to measure body and fitness-related self-conscious emotions: The BSE- FIT. Psychol Sport Exerc [Internet]. 2016 [acesso em: 10 fev. 2021];23:1-12. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.psychsport.2015.10.003.

Tylka TL. Positive psychology perspectives on body image. In: Cash TF, Smolak L. Body image: a handbook of science, practice, and prevention. 2a ed. New York: The Guilford Press; 2011. p. 56-64.

Santos VS, Carleto CT, Haas VJ, Castonguay AL, Pedrosa LAK. Adaptação transcultural para a língua portuguesa do The Body-related Self-Conscious Emotions Fitness Instrument (BSE-FIT). Cien Saude Colet [Internet]. 2019 [acesso em: 11 fev. 2021];24(10):3897-907. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-812320182410.25582017.

Chen GZ, Mei-Yen C. Validation of the Chinese version of the Body-related Self-Conscious Emotions Fitness instrument (BSE-FIT). Psychology News [Internet]. 2017 [acesso em: 11 fev. 2021];17(2):49-67. https://doi.org/10.6497/BSEPT.201711_17(2).0003.

Alcaraz-Ibáñez M, Sicilia A, Dumitru DC. Psychometrics of the Spanish body-related self- conscious emotions fitness instrument. Curr Psychol [Internet]. 2020 [acesso em: 13 fev. 2021]. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s12144-020-00999-4.

Lima CAG, Maia MFM, Magalhães TA, Oliveira LMM, Reis VMCP, Brito MFSF, et al. Prevalência e fatores associados a comportamentos de risco à saúde em universitários no norte de Minas Gerais. Cad Saude Colet [Internet]. 2017 [acesso em: 12 fev. 2021];25(2):183-91. Disponível em: http://doi.org/10.1590/1414-462x201700020223.

Silva LPR, Tucan ARO, Rodrigues EL, Del Ré PV, Sanches PMA, Bresan D. Insatisfação da imagem corporal e fatores associados: um estudo em jovens estudantes universitários. Einstein [Internet]. 2019 [acesso em: 14 fev. 2021];17(4):eAO4642. Disponível em: https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2019AO4642.

Kline RB. Principles and practice of structural equation modeling. 3a ed. The Guilford Press: New York; 2011. 534 p.

MacCallum RC, Browne MW, Sugawara HM. Power analysis and determination of sample size for covariance structure modeling. Psychological Methods [Internet]. 1996 [acesso em: 17 mar. 2020];1(2):130- 49. Disponível em: https://doi.org/10.1037/1082-989X.1.2.130.

Fayers PM, Machin D. Scores and measurements: validity, reliability and sensitivity. In: Fayers PM, Machin D. Quality of life: the assesment, analisis and interpretation of patient-reported outcomes [Internet]. Chichester: John Wiley & Sons; 2007. p. 77-108. [acesso em: 12 mar. 2020]. Disponível em: https://doi.org/10.1002/9780470024522.ch4.

Hutz CS, Zanon C, Vazquez AC. Escala de autoestima de Rosenberg. In: Hutz CS. Avaliação em psicologia positiva. Porto Alegre: Artmed; 2014. p. 85-94.

Di Pietro M, Silveira DX. Internal validity, dimensionality and performance of the Body Shape Questionnaire in a group of Brazilian college students. Rev Bras Psiquiatr [Internet]. 2009 [acesso em: 15 mar. 2020];31(1):21-4. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1516-44462008005000017.

Quételet A. Anthropométrie ou mesure des différentes facultés de L’homme [Internet]. Bruxelles: C. Muquardt; 1870. 506 p. [acesso em: 01 dez. 2019]. Disponível em: https://archive.org/details/anthropomtrieou00quetgoog.

Matsudo S, Araújo T, Matsudo V, Andrade D, Andrade E, Oliveira LC, Bragion G. Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ): estudo de validade e reprodutividade no Brasil. Rev Bras Ativ Fís Saúde [Internet]. 2001 [acesso em: 02 dez. 2019];6(2):5- 12. Disponível em: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.6n2p5-18.

World Health Organization. Global Recommendations on Physical Activity for Health [Internet]. Geneva: WHO; 2011. [acesso em: 06 jan. 2020]. Disponível em: http://www.who.int/dietphysicalactivity/physical-activity-recommendations-18-64years.pdf.

Cohen J. Statistical Power Analysis for the Behavioral Sciences. 2a ed. Hillsdale: Lawrence Earlbaum Associates; 1988. 567 p.

Santos VS, Patto MV, Cornélio MPM, Carleto CT, Pedrosa LAK. Preocupação com a imagem corporal e a autoestima de universitários do interior de Minas Gerais. Rebec [Internet]. 2019 [acesso em: 15 fev. 2021];9(5):95-105. Disponível em: https://periodicos.cesg.edu.br/index.php/educacaoecultura/article/view/448/601.

Nascimento CC, Santos DM, Torres S, Martins LT, Silva NOV, Tertuliano IW. Motivação na aderência à prática de atividade física. Arq Cien Esp [Internet]. 2019 [acesso em: 16 fev. 2021];7(3):127-30. Disponível em: http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces/article/view/3592.

Costa DG, Tavares CT, Santos VS, Haas VJ, Gonçalves RMDA, Pedrosa LAK. Qualidade de vida e atitudes alimentares de graduandos da área da saúde. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018 [acesso em: 11 fev. 2021];71(supl. 4):1739-46. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0224.

Araújo K, Freitas MC, Pena P, Garcia R. Nutricionista com obesidade: sofrimento e estigma. Invest Qualit Saúde [Internet]. 2016 [acesso em: 15 fev. 2021];2:1255- 61. Disponível em: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2016/article/view/881/865.

Keszei AP, Novak M, Streiner DL. Introduction to health measurement scales. J Psychosom Res [Internet]. 2010 [acesso em: 16 fev. 2021];68(4):319-23. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jpsychores.2010.01.006.

Cunha CM, Almeida Neto OP, Stackfleth R. Principais métodos de avaliação psicométrica da validade de instrumentos de medida. Rev Aten Saúde [Internet]. 2016 [acesso em: 10 fev. 2021];14(47):75- 83. Disponível em: https://doi.org/10.13037/ras.vol14n47.3391.

Publicado

23/11/2021

Como Citar

1.
Santos VS, Carleto CT, Haas VJ, Pedrosa LAK. Validação do Body-related Self-Conscious Emotions Fitness Instrument para estudantes universitários brasileiros. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 23º de novembro de 2021 [citado 24º de setembro de 2022];23. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/65567

Edição

Seção

Artigo Original