Reflexões sobre saúde com imigrantes haitianos pelo Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire

Autores

  • Jeane Barros de Souza Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, jeane.souza@uffs.edu.br
  • Ivonete Teresinha Schülter Buss Heidemann Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, ivonete.heidemann@ufsc.br https://orcid.org/0000-0001-6216-1633
  • Fernanda Walker Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, fernandawalker04@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-2653-6877
  • Maira Lidia Schleicher Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, mairasch97@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-1083-1011
  • Juliana Praxedes Campagnoni Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Chapecó, Santa Catarina, Brasil, ju_campagnoni@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-4057-4637

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.60792

Palavras-chave:

Imigrantes, Saúde Integral, Vulnerabilidade em Saúde, Determinantes Sociais da Saúde, Promoção da Saúde

Resumo

Tem-se por objetivo compreender o conceito de saúde dos imigrantes haitianos e suas possibilidades para promover saúde diante das vulnerabilidades que vivenciam. Pesquisa qualitativa, tipo ação participante, fundamentada no Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire, constituído de três fases: investigação temática; codificação e descodificação; desvelamento crítico. Contou-se com a participação de 10 imigrantes haitianos, estudantes de uma universidade federal do sul do Brasil. Através do círculo de cultura resultou-se que o conceito de saúde para os haitianos é heterogêneo, constituindo-se em ausência de doença, bem-estar, felicidade, família, espiritualidade, alimento e trabalho. Os haitianos motivaram-se a promover saúde por meio da alimentação saudável, exercícios físicos, aprimoramento do idioma e organização do tempo para possibilitar o lazer. Conclui-se que os participantes refletiram sobre seu contexto, buscando estratégias para promover saúde, empoderando-se mutuamente. Isto ocorreu pela possibilidade de transformar suas realidades com novos significados sobre saúde, desejando promover a qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Granada D, Detoni PP. Corpos fora do lugar: saúde e migração no caso de haitianos no sul do Brasil. Temáticas [Internet]. 2017 [access at: Feb. 06, 2020];25(49/50):115-38. Available at: https://www.academia.edu/37305797/CORPOS_FORA_DO_LUGAR_SA%C3%9ADE_E_MIGRA%C3%87%C3%83O_NO_CASO_DE_HAITIANOS_NO_SUL_DO_BRASIL_1

Martin D, Goldberg A, Silveira C. Imigração, refúgio e saúde: perspectivas de análise sociocultural. Saúde Soc [Internet]. 2018 [access at: Sep. 19, 2019];27(1):26- 36. Available at: http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v27n1/1984-0470-sausoc-27-01-26.pdf

Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília (DF): Senado Federal; 1988. Seção II, p.33-4.

Alves, JFS, Martins, MAC, Borges, FT, Silveira C, Muraro AP. Utilização de serviços de saúde por imigrantes haitianos na grande Cuiabá, Mato Grosso. Cien Saúde Colet. 2018 [access at: Sep. 19, 2019]. Available at: http://www.cienciaesaudecoletiva.com.br/artigos/utilizacao-de-servicos-de-saude-por-imigrantes-haitianos-na-grande-cuiaba-mato-grosso/16786?id=16786

Guerra K, Ventura M. Bioética, imigração e assistência à saúde: tensões e convergências sobre o direito humano à saúde no Brasil na integração regional dos países. Cad Saúde Colet. 2017 [access at: Sep. 18, 2019];25(1):123-9. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2017000100123&lng=en&nrm=iso

Felcher CDO, Ferreira ALA, Folmer V. A Pesquisa-Ação à Pesquisa Participante: discussões a partir de uma investigação desenvolvida no Facebook. EENCI [Internet]. 2017 [access at: Feb. 12, 2020];12(7):1-18. Available at: http://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID419/v12_n7_a2017.pdf

Heidemann ITSB, Dalmolin IS, Rumor PCF, Cypriano CC, Costa MFBNA, Durand MK. Reflexões sobre o itinerário de pesquisa de Paulo Freire: contribuições para a saúde. Rev Texto Contexto - Enferm [Internet]. 2017 [access at: Sep. 20, 2019]; 26(4):1-8. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072017000400601&lng=en

Freire P. Pedagogia do oprimido. 60. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2016.

Marx K. Contribuição à crítica da economia política [Internet]. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular; 2008 [access at: Sep. 19, 2019]. Available at: http://lutasocialista.com.br/livros/MARX%20E%20ENGELS/MARX,%20Karl.%20Contribui%E7%E3o%20%E0%20Cr%EDtica%20da%20Economia%20Pol%EDtica.pdf

Silva MSJ, Schraiber SB, Mota A. O conceito de saúde na Saúde Coletiva: contribuições a partir da crítica social e histórica da produção científica. Physis [Internet]. 2019 [access at: Sep. 19, 2019];29(1):1- 19. Available at: https://www.scielosp.org/article/ssm/content/raw/?resource_ssm_path=/media/assets/physis/v29n1/pt_0103-7331-physis-29-01-e290102.pdf

Feio A, Oliveira CC. Confluências e divergências conceituais em educação em saúde. Saúde Soc [Internet]. 2015 [access at: Sep. 20, 2019];24(2):703- 15. Available at: https://doi.org/10.1590/S0104-12902015000200024

Organização Mundial da Saúde. Constituição da Organização Mundial da Saúde (OMS/WHO) 1946. [access at: Sep. 21, 2019]. Available at: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/OMS-Organiza%C3%A7%C3%A3o-Mundial-da-Sa%C3%BAde/constituicao-da-organizacao-mundial-da-saude-omswho.html

Carrapato P, Correia P, Garcia B. Determinante da saúde no Brasil: a procura da equidade na saúde. Saúde Soc. 2017 [access at: Sep. 21, 2019];26(3):676-89. Available at: https://www.scielosp.org/article/sausoc/2017.v26n3/676-689/

Madeira FB, Figueira DA, Bosi MLM, Nogueira JAD. Estilos de vida, habitus e promoção da saúde: algumas aproximações. Saúde Soc. 2018 [access at: Sep. 21, 2019];27(1). Available at: https://www.scielosp.org/article/sausoc/2018.v27n1/106-115/pt/

Vosgerau MZS, Cabrera MAS. Estudo da felicidade no campo da saúde coletiva: reflexões e possíveis contribuições. HU Rev. 2013 [access at: Sep. 21, 2019];39(1-2):45-53. Available at: http://ojs2.ufjf.emnuvens.com.br/hurevista/article/view/2024

Inoue TM, Vecina MVA. Espiritualidade e/ou religiosidade e saúde: uma revisão de literatura. J Health Sci Inst [Internet]. 2017 [access at: Sep. 21, 2019];35(2):127- 30. Available at: https://www.unip.br/presencial/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2017/02_abr-jun/V35_n2_2017_p127a130.pdf

Araújo JS, Xavier MP. O conceito de saúde e os modelos de assistência: considerações e perspectivas em mudança. Saúde Foco. 2014 [access at: Sep. 21, 2019];1(1):117- 49. Available at: http://www4.fsanet.com.br/revista/index.php/saudeemfoco/article/view/326/382

Gaino LV, Souza J, Cirineu CT, Tulimosky TD. O conceito de saúde mental para profissionais de saúde: um estudo transversal e qualitativo*. SMAD Rev Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog [Internet]. 2018 [access at: Sep. 21, 2019];14(2):108-16. Available at: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-69762018000200007&lng=pt&nrm=iso

Oviedo RAM, Czeresnia D. O conceito de vulnerabilidade e seu caráter biossocial. Rev Interf [Internet]. 2015 [access at: Sep. 22, 2019];19(53):237-50. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832015000200237&lng=en

Sevalho G. O conceito de vulnerabilidade e a educação em saúde fundamentada em Paulo Freire. Rev Interf [Internet]. 2018 [access at: Sep. 22, 2019];22(64):177-88. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832018000100177&lng=en

Fertonani HP, Pires DEP, Biff D, Scherer MDA. The health care model: concepts and challenges for primary health care in Brazil. Ciênc Saúde Colet [Internet]. 2015 [access at: Sep. 21, 2019];20(6):1869-78. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000601869&lng=en

World Health Organization. The Ottawa Charter for Health Promotion: first International Conference on Health Promotion, Ottawa, 21 November 1986. Genebra: WHO; 1986 [access at: Sep. 20, 2019]. Available at: https://goo.gl/uD5cmd

Owusu-Addo E, Renzaho AMN, Smith BJ. Cash transfers and the social determinants of health: a conceptual framework. Health Promot Int. 2018 [access at: Sep. 21, 2019];34(6):e106-e118. Available at: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30272155

Heidemann ITSB, Cypriano CC, Gastaldo D, Jackson S, Rocha CG, Fagundes E. Estudo comparativo de práticas de promoção da saúde na atenção primária em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil e Toronto, Ontário, Canadá. Cad Saúde Pública. 2018 [access at: Sep. 21, 2019];34(4):1-13. Available at: http://www.scielo.br/pdf/csp/v34n4/1678-4464-csp-34-04-e00214516.pdf

Malta DC, Silva MMA, Albuquerque GM, Lima CM, Cavalcante T, Jaime PC, et al. A implementação das prioridades da Política Nacional de Promoção da Saúde, um balanço, 2006 a 2014. Ciênc Saúde Colet. 2014 [access at: Sep. 18, 2019];19(11):4301-1. Available at: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2014.v19n11/4301-4312/pt

Publicado

26/11/2020

Como Citar

1.
Souza JB de, Heidemann ITSB, Walker F, Schleicher ML, Campagnoni JP. Reflexões sobre saúde com imigrantes haitianos pelo Itinerário de Pesquisa de Paulo Freire. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 26º de novembro de 2020 [citado 3º de março de 2024];22:60792. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/60792

Edição

Seção

Artigo Original