Práticas integrativas, espirituais e qualidade de vida do paciente com câncer durante o tratamento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.57987

Palavras-chave:

Neoplasias, Terapias Complementares, Terapias Espirituais, Qualidade de Vida

Resumo

Objetivou-se identificar o uso de práticas integrativas, espirituais e avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes adultos com câncer durante o tratamento quimioterápico. Pesquisa quantitativa e transversal realizada com 275 pacientes durante quimioterapia em um hospital de Minas Gerais. Instrumentos utilizados: questionário sociodemográfico e clínico e Quality of Life Questionnaire-Core30 (QLQ-C30) com análise de dados pelo software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) (for Windows). A maioria dos entrevistados era mulher, entre 40 a 79 anos, casadas, aposentadas, com baixo nível de escolaridade e baixa renda. Os cânceres mais prevalentes foram colorretal, mama e estômago. Apenas 13 (4,9%) pacientes utilizavam alguma prática integrativa como fitoterapia, homeopatia, meditação, floral e acupuntura. Cerca de 94 (34,2%) indivíduos realizavam terapia espiritual com predominância da oração, passes, água fluidificada e promessa. Houve nível adequado/satisfatório (escores entre 50 e 70) da qualidade de vida e das funções avaliadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Publicado

24-09-2020

Como Citar

1.
Mendes AS, Arantes TC, Martins VE, Nicolussi AC. Práticas integrativas, espirituais e qualidade de vida do paciente com câncer durante o tratamento. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 24º de setembro de 2020 [citado 28º de outubro de 2021];22. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/57987

Edição

Seção

Artigo Original