Qualidade de vida de cuidadores primários de crianças com paralisia cerebral: revisão da literatura

Autores

  • Cejane Oliveira Martins Prudente Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
  • Maria Alves Barbosa Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
  • Celmo Celeno Porto Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v12i2.5778

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Mães, Cuidadores, Paralisia Cerebral.

Resumo

O nascimento de uma criança com Paralisia Cerebral provoca mudanças na instituição familiar. Desta forma, os objetivos deste estudo foram analisar a qualidade de vida dos cuidadores primários de crianças com Paralisia Cerebral e correlacionar a qualidade de vida dos cuidadores primários de crianças com Paralisia Cerebral com o nível de comprometimento motor das crianças. Tratou-se de uma revisão da literatura, junto às bases de dados LILACS, MEDLINE, SciELO e PubMed, com os descritores qualidade de vida,  cuidadores, mães, pais e paralisia cerebral, onde foram utilizados artigos científicos publicados entre 1995 a 2009. Dos 36 artigos encontrados, 7 fizeram parte da amostra. Os artigos analisados mostraram que pelo menos alguns aspectos da qualidade de vida dos cuidadores primários de crianças com Paralisia Cerebral são de modo geral pior que o dos cuidadores primários de crianças saudáveis. Não há, contudo, consenso entre os autores que correlacione qualidade de vida dos cuidadores com o nível de comprometimento motor das crianças com Paralisia Cerebral, mas os estudos analisados tiveram limitações na amostra, não sendo constituídos por grupos homogêneos, segundo o Sistema de Classificação da Função Motora. Conclui-se que os profissionais da saúde devem direcionar seu olhar aos cuidadores de crianças com Paralisia Cerebral.

Descritores: Qualidade de vida; Mães; Cuidadores; Paralisia Cerebral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cejane Oliveira Martins Prudente, Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Fisioterapeuta, Mestre em Ciências Ambientais e Saúde. Doutoranda em Ciências da Saúde, Universidade Federal de Goiás. Docente, Departamento de Enfermagem, Nutrição e Fisioterapia; Universidade Católica de Goiás. Goiânia, GO, Brasil.

Maria Alves Barbosa, Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal de Goiás. Goiânia, GO, Brasil.

Celmo Celeno Porto, Universidade Federal de Goiás, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

Médico, Doutor em Medicina. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal de Goiás. Goiânia, GO, Brasil.

Downloads

Publicado

05/07/2010

Como Citar

1.
Prudente COM, Barbosa MA, Porto CC. Qualidade de vida de cuidadores primários de crianças com paralisia cerebral: revisão da literatura. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 5º de julho de 2010 [citado 28º de maio de 2022];12(2):367-72. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/5778

Edição

Seção

Artigo de Revisão