Estratégias para a promoção da segurança do paciente em hospitais de urgência

Autores

  • Patrícia Tavares dos Santos Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia (GO), Brasil. triciatavares@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-7375-9785
  • Vera Lúcia Mira Universidade de São Paulo (EERP/USP). Ribeirão Preto (SP), Brasil. vlmirag@usp.br
  • Thaisa Cristina Afonso Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia (GO), Brasil. qualitha@yahoo.com.br
  • Cristiane Chagas Teixeira Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia (GO), Brasil. cc-teixeira@hotmail.com
  • Ana Lúcia Queiroz Bezerra Universidade Federal de Goiás (UFG). Goiânia (GO), Brasil. analuciaqueiroz@uol.com.br https://orcid.org/0000-0002-6439-9829

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v22.56354

Palavras-chave:

Segurança do Paciente, Avaliação em Saúde, Educação Continuada, Gerenciamento da Prática Profissional, Emergências

Resumo

Objetivo: Estudo com objetivo de descrever os principais problemas relacionados à segurança do paciente e as propostas implantadas para sua superação em serviços hospitalares de urgência. Método: Foi desenvolvido por meio da análise documental de quatro projetos gerenciais elaborados por líderes de instituições hospitalares de uma capital brasileira, como produto de um processo formativo de um programa de Educação Permanente em Saúde. Resultados: Foram elencados problemas, como falhas no atendimento às metas de segurança do paciente, insuficiência de recursos físicos, materiais e de pessoal, ausência de gestão de leitos e de risco, que resultavam em superlotação. A maioria das propostas de superação estavam relacionadas aos processos de trabalho. Conclusão: A descrição de problemas estruturais, de processo e resultados comuns aos hospitais, bem como ações de melhoria, pode colaborar para a construção de diretrizes imprescindíveis à segurança do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

World Health Organization [Internet]. Global Action on Patient Safety. Executive Board EB144/CONF./8 Rev.1 144th session. WHO; 2019 [accessed on: Apr. 28 2020]. Available from: https://apps.who.int/gb/e/e_eb144.html

Weigl M, Müller A, Holland S, Wedel S, Woloshynowych M. Work conditions, mental workload, and patient care quality: a multisource study in the emergency department. BMJ Qual Saf [Internet]. 2016 [accessed on: Nov 19 2019];25(7):499-508. Available from: https://doi.org/10.1136/bmjqs-2014-003744.

Gomes ATL, Ferreira JMA, Salvador PTCO, Bezerril MS, Chiavone FBT, Santos VEP. Segurança do paciente em situação de emergência: percepções da equipe

World Alliance for Patient Safety. Taxonomy. The conceptual framework for the international classification for patient safety: final technical report. Geneva: WHO; 2009.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Portaria no 529, de 1 de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Seção 1 [Internet]. Brasília (DF); Ministério da Saúde; 2013 [accessed on: Ago 28 2019]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/g

Cauduro FLF, Kindra T, Ribeiro ER, Mata JAL. Uso da problematização com apoio do Arco de Maguerez como estratégia de educação permanente para a promoção da segurança do paciente. RSSP [Internet]. 2017 [accessed on: Jun. 12 2018];18(1):150-6. Available from: https://www.researchgate.net/publication/318869785/download

Oliveira RM, Leitão IMTA, Silva LMS, Figueiredo SV, Sampaio RL, Gondim MM. Strategies for promoting patient safety: from the identification of the risks to the evidence-based practices. Esc Anna Nery [Internet]. 2014 [accessed on: Jun. 11 2018];18(1):122-12. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ean/v18n1/en_1414-8145-ean-18-01-0122.pdf

Lavich CRP, Terra MG, Mello AL, Raddatz M, Arnemann CT. Permanent education actions of nurse facilitators at a nursing education centre. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2017 [accessed on: Jun. 14 2018];38(1):e62261. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v38n1/en_0102-6933-rgenf-1983-144720170162261.pdf

Cho E, Lee NJ, Kim EY, Kim S, Lee K, Park KO, et al. Nurse staffing level and overtime associated with patient safety, quality of care, and care left undone in hospitals: a cross-sectional study. Int J Nurs Stud [Internet]. 2016 [accessed on: Apr. 11 2020];60:263-71. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27297386

de enfermagem. Rev Bras Enferm [Internet]. 2019 [accessed on: Apr. 04 2020];72(3):753-9. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672019000300753&lng=en.

Donabedian A. Basic approaches to assessment: structure, process and outcome. In: Donabedian A. Explorations in quality assessment and monitoring. Ann Arbor (MI): Health Administration Press; 1980. p.77-125.

Santos AKN, Soratto MT. Segurança do paciente nas Unidades de Urgência Emergência. Enfermagem Brasil [Internet]. 2018 [accessed on: May 03 2020];17(3):279-296. Available from: http://portalatlanticaeditora.com.br/index.php/enfermagembrasil/article/view/517/3759

Cecílio LCO. Uma sistematização e discussão de tecnologia leve de planejamento estratégico aplicada ao setor governamental. In: Merhy EE, Onocko R, organizadores. Agir em saúde: um desafio para o público. 2. ed. São Paulo: Hucitec; 2002. p151-67.

Reis CT, Martins M, Laguardia J.Patient safety as a dimension of journal quality of health care - a look at the literature. Ciênc Saúde Colet [Internet]. 2013 [accessed on: Apr. 28 2020];18(7):2029-36. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000700018

Santos PT. Da educação ao trabalho: uma avaliação de processo formativo nas urgências. 2017. 244f. Tese (Doutorado em Ciências) – Universidade de São Paulo, São Paulo; 2017 [accessed on: May 03 2020]. Available from: https://doi.org/10.11606/T.7.2017.tde-24072017-183921

Di Somma S, Paladino L, Vaughan L, Lalle I, Magrini L, Magnanti M. Overcrowding in emergency department: an international issue. Intern Emerg Med [Internet]. 2015 [accessed on: Jun 20 2018];10(2):171- 75. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25446540

Paixão DPSS, Batista J, Maziero ECS, Alpendre FT, Amaya MR, Cruz EDA. Adhesion to patient safety protocols in emergency care units. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018 [accessed on: Jun 21 2018];71(1 Suppl.):577-84. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reben/v71s1/0034-7167-reben-71-s1-0577.pdf

Bousquat A, Giovanella L, Campos EMS, Almeida PF, Martins CL, Mota PHS et al. Atenção primária à saúde e coordenação do cuidado nas regiões de saúde: perspectiva de gestores e usuários. Ciênc Saúde Coletiva [Internet]. 2017 [accessed on: May 03 2020];22(4):1141-54. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232017002401141&lng=en.

Rossaneis MA, Gabriel CS, Haddad MCL, Melo MRAC, Bernardes A. Health care quality indicators: the opinion of nursing managers of teaching hospitals. Cogitare Enferm [Internet]. 2015 [accessed on: Jun. 23 2018];20(4):798-04. Available from: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/41734/26786

Heyrani A, Maleki M, Marnani AB, Ravaghi H, Sedaghat M, Jabbari M, et al. Clinical governance implementation in a selected teaching emergency department: a systems approach. Implementation Sci. 2012 [accessed on: Jul. 11 2018];7:84. Available from: https://implementationscience.biomedcentral.com/articles/10.1186/1748-5908-7-84

Amaya MR, Paixão DPSS, Sarquis LMM, Cruz EDA. Construção e validação de conteúdo de checklist para a segurança do paciente em emergência. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2016;37(esp):e68778 [accessed on: Jul. 11 2018]. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2016.esp.68778.

Aaronson EL, Brown D, Benzer T, Natsui S, Mort E. Incident reporting in emergency medicine: a thematic analysis of events. J Patient Saf. 2019;15(4):e60-e63. https://doi.org/10.1097/pts.0000000000000399

Siman AG, Brito MJM. Changes in nursing practice to improve patient safety. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2016 [accessed on: Jul. 23 2018];37(spe):e68271. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v37nspe/en_0102-6933-rgenf-1983-14472016esp68271.pdf

Eisenberg, JM. Continuing education meets the learning organization: the challenge of a systems approach to patient safety. J Contin Educ Health Prof [Internet]. 2017 [accessed on: Jul. 27 2018];37(4):255- 61. Available from: https://journals.lww.com/jcehp/Abstract/2017/03740/Continuing_Education_Meets_the_Learning.7.aspx

World Health Organizarion [Internet]. Información acerca de la campaña Salve vidas: límpiese las manos [accessed on: Jul. 11 2018]. Available from: https://www.who.int/gpsc/5may/background/es/

Publicado

23/12/2020

Como Citar

1.
dos Santos PT, Mira VL, Afonso TC, Teixeira CC, Bezerra ALQ. Estratégias para a promoção da segurança do paciente em hospitais de urgência. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 23º de dezembro de 2020 [citado 27º de maio de 2024];22:56354. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/56354

Edição

Seção

Artigo Original