Avaliação de unidades familiares não tradicionais e suas implicações para o cuidado de enfermagem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v21.54933

Resumo

Unidades familiares na?o tradicionais logram conquistas contemporaneamente, tornando relevante a pesquisa acerca de seus aspectos estruturais e funcionais. Objetivou-se conhecer algumas fami?lias de configurac?a?o na?o tradicional, avaliando-as por interme?dio do Modelo Calgary de Avaliac?a?o de Fami?lias. Procedeu-se estudo de caso qualitativo, realizado em Bele?m, PA, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre novembro de 2017 ate? marc?o de 2018 preferencialmente na presenc?a da totalidade dos componentes em visitas domiciliares, com aplicac?a?o de entrevista semiestruturada conforme o diagrama ramificado do Modelo Calgary de Avaliac?a?o de Fami?lias e uso do software GenoPro. A classificac?a?o foi: unipessoal, uniparental feminina com filhos, homoafetiva feminina, tradicional com membro agregado e uniparental feminina com filho adotivo, indicando complexas relac?o?es com os componentes da unidade e da fami?lia extensa. O Modelo Calgary de Avaliac?a?o de Fami?lias demonstrou seu impacto para a enfermagem de fami?lia no que concerne a? tipificac?a?o de fami?lias na?o tradicionais, assiste?ncia, expressa?o de sentimentos, soluc?a?o de problemas e evoluc?a?o dos arranjos familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Jorge Silva Correa Júnior, Universidade Federal do Pará

Enfermeiro. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará (PPGENF/ICS/UFPA).

Thais Cristina Flexa Souza, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós- Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF/ICS/UFPA).

Yasmin Martins de Sousa, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós- Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF/ICS/UFPA).

Ana Rafaela Souza Rodrigues, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós- Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Pará (PPGENF/ICS/UFPA).

Dilton Luis Soares de Farias, Universidade Federal do Pará

Enfermeiro. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará (PPGENF/ICS/UFPA).

Jacira Nunes Carvalho, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora Associado I da Universidade Federal do Pará.

Lucia Hisako Takase Gonçalves, Universidade Federal do Pará.

Enfermeira. Doutora em enfermagem pela Escola de Enfermagem de São Paulo. Professora visitante sênior CAPES e professora permanente do Programa de Mestrado em Enfermagem (PPGENF/UFPA).

Publicado

31/12/2019

Como Citar

1.
Correa Júnior AJS, Souza TCF, Sousa YM de, Rodrigues ARS, Farias DLS de, Carvalho JN, Gonçalves LHT. Avaliação de unidades familiares não tradicionais e suas implicações para o cuidado de enfermagem. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2019 [citado 27º de novembro de 2022];21:54933. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/54933

Edição

Seção

Artigo Original