Stress dos enfermeiros de pronto socorro dos hospitais brasileiros

Autores

  • Graziele Menzani Universidade de São Paulo
  • Estela Regina Ferraz Bianchi Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.46978

Palavras-chave:

Estresse, Enfermagem, Serviços médicos de emergência

Resumo

A enfermagem é considerada uma profissão que sofre o impacto do stress, que advém do cuidado constante com pessoas doentes e situações imprevisíveis, principalmente na unidade de pronto socorro. A finalidade deste estudo foi levantar os estressores dos enfermeiros atuantes em unidades de pronto socorro nas cinco regiões brasileiras. A população do estudo constituiu-se de amostra de 143 enfermeiros atuantes em unidades de pronto socorro das 5 regiões brasileiras, e que estavam inseridos em instituições de alta complexidade de assistência prestada. Os dados foram coletados entre 2005 e 2006, utilizando-se a Escala Bianchi de Stress, constituída por caracterização sócio-demográfica e por 51 itens, divididos em seis domínios, que englobam o relacionamento(A), funcionamento da unidade(B), administração de pessoal(C), assistência de enfermagem(D), coordenação da unidade(E) e condições de trabalho(F). A análise estatística foi descritiva e inferencial, usando análise de variância ANOVA. Na análise dos seis domínios, obteve-se, em ordem decrescente, F>C>E>D>B>A, independentemente da região geográfica a que pertencia o enfermeiro. Pode-se inferir que a estrutura organizacional da instituição hospitalar tem responsabilidade no nível de stress dos enfermeiros de pronto socorro, assim precisamos incentivar estratégias de enfrentamento para minimizar os efeitos do stress nestes profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziele Menzani, Universidade de São Paulo

Enfermeira. Mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EERP/USP). E-mail: menzani@usp.br

Estela Regina Ferraz Bianchi, Universidade de São Paulo

Enfermeira. Livre docente em Enfermagem. Professor Associado da EERP/USP. E-mail: erfbianc@usp.br

Downloads

Publicado

01/06/2017

Como Citar

1.
Menzani G, Bianchi ERF. Stress dos enfermeiros de pronto socorro dos hospitais brasileiros. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de junho de 2017 [citado 28º de maio de 2022];11(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/46978

Edição

Seção

Artigo Original