Desobstrução ineficaz das vias aéreas: mapeamento das atividades de enfermagem para crianças com infecção respiratória

Autores

  • Flávia Paula Magalhães Monteiro Grupo de Estudos em Diagnósticos, Intervenções e Resultados em Enfermagem
  • Viviane Martins da Silva Faculdade Católica Rainha do Sertão
  • Marcos Venícios de Oliveira Lopes Universidade Federal de Ceará
  • Thelma Leite de Araujo Universidade Federal de Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10.46484

Palavras-chave:

Diagnóstico de enfermagem, Criança hospitalizada, Cuidado da criança

Resumo

As infecções respiratórias agudas são problemas que afetam crianças, especialmente, nos primeiros cinco anos de vidaEste estudo teve como objetivo comparar as intervenções de enfermagem desenvolvidas por enfermeiros assistenciais com aquelas preconizadas pela Nursing Intervention Classification (NIC) para as crianças com até cinco anos de idade com doenças respiratórias agudas e que apresentam o diagnóstico de enfermagem Desobstrução Ineficaz de Vias Aéreas. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, com abordagem quantitativa, realizado na unidade de internação de um hospital pediátrico de Fortaleza – CE, no período de outubro a novembro de 2006. Foram entrevistadas 16 enfermeiras e listadas 48 atividades de enfermagem que caracterizaram cuidados específicos de enfermagem, dependentes da prescrição médica, interdependentes. Após essa etapa, foi realizado um comparativo com as atividades preconizadas pela NIC, no qual se observou atividades correspondentes e não-correspondentes. Foram 14 intervenções da NIC utilizadas no comparativo que somaram um total de 327 atividades. Para as intervenções de enfermagem NIC: Controle de vias aéreas e Monitorização respiratória houve um maior número de atividades correspondentes. Este estudo poderá trazer contribuições para a assistência de enfermagem às crianças com problemas respiratórios e que apresentam o diagnóstico de enfermagem Desobstrução ineficaz de vias aéreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Paula Magalhães Monteiro, Grupo de Estudos em Diagnósticos, Intervenções e Resultados em Enfermagem

Enfermeira. Bolsista de Apoio Técnico/aperfeiçoamento CNPq vinculada ao projeto de Pesquisa em Saúde Cardiovascular. Integrante do Grupo de Estudos em Diagnósticos, Intervenções e Resultados em Enfermagem (GEDIRE). Fortaleza/CE. E-mail: flaviapmm@yahoo.com.br.

Viviane Martins da Silva, Faculdade Católica Rainha do Sertão

Enfermeira.  Professora da Faculdade Católica Rainha do Sertão.  Aluna do Curso de Doutorado em Enfermagem da UFC. E-mail: vivianemartinsdasilva@hotmail.com.

Marcos Venícios de Oliveira Lopes, Universidade Federal de Ceará

Doutor em Enfermagem. Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Ceará./ UFC. E-mail: marcos@ufc.br.

Thelma Leite de Araujo, Universidade Federal de Ceará

Doutora em Enfermagem. Professora Associada do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Ceará/UFC. E-mail: thelmaaraujo2003@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

04/05/2017

Como Citar

1.
Monteiro FPM, Silva VM da, Lopes MV de O, Araujo TL de. Desobstrução ineficaz das vias aéreas: mapeamento das atividades de enfermagem para crianças com infecção respiratória. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 4º de maio de 2017 [citado 27º de maio de 2022];10(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/46484

Edição

Seção

Artigo Original