Diagnóstico de enfermagem “náusea” durante a quimioterapia: análise de conceito

Autores

  • Aline Maria Bonini Moysés Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Hospital das Clínicas
  • Ana Maria de Almeida Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Lais Corsino Durant Fundação Pio XII
  • Thais de Oliveira Gozzo Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v19.42062

Palavras-chave:

Náusea, Tratamento Farmacológico, Enfermagem Oncológica, Formação de Conceito

Resumo

Estudo com o objetivo de analisar o conceito náusea no tratamento quimioterápico, a fim de aperfeiçoar o diagnóstico de enfermagem “náusea”. Utilizados como referencial teórico o modelo proposto por Walker e Avant e uma revisão integrativa realizada nos portais PUBMED, EMBASE, CINAHL e LILACS, sem restrição temporal. Amostra constituída por 30 artigos, identificaram-se 44 antecedentes, sendo 25 relacionados ao paciente/biofísico, oito ao tratamento/fatores farmacológicos e 11 aos fatores psicológicos. Na mesma amostra, foram identificados 17 consequentes, sendo os mais frequentes: “redução na qualidade de vida”, “quimioterapia pode ser adiada, alterada, dose reduzida ou tratamento interrompido” e “diminuição da nutrição/má nutrição”. Nas definições de náusea, o tratamento quimioterápico não é citado como causa. Os antecedentes deste conceito devem ser investigados na prática clínica de forma individualizada. A avaliação dos consequentes nesta clientela pode permitir intervenções precoces e diminuir os efeitos indesejáveis da náusea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aline Maria Bonini Moysés, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Hospital das Clínicas

Enfermeira, Mestre em Enfermagem em Saúde Pública. Enfermeira do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: alinebonini@bol.com.br.

Ana Maria de Almeida, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: amalmeid@eerp.usp.br.

Lais Corsino Durant, Fundação Pio XII

Enfermeira, Mestre em Enfermagem em Saúde Pública. Coordenadora de Projetos da Fundação Pio XII. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: lais.durant@usp.br.

Thais de Oliveira Gozzo, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: thaisog@eerp.usp.br.

Publicado

31-12-2017

Como Citar

1.
Moysés AMB, Almeida AM de, Durant LC, Gozzo T de O. Diagnóstico de enfermagem “náusea” durante a quimioterapia: análise de conceito. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2017 [citado 20º de outubro de 2021];19. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/42062

Edição

Seção

Artigo de Revisão