Tuberculose: análise do percurso do doente durante o tratamento em Ribeirão Preto/SP

  • Maria Eugenia Firmino Brunello Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Nathalia Halax Orfão Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Rubia Laine de Paula Andrade Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Gabriela Tavares Magnabosco
  • Tiemi Arakawa
  • Aline Aparecida Monroe Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Antônio Ruffino Netto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
  • Tereza Cristina Scatena Villa Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Palavras-chave: Tuberculose, Terapia Diretamente Observada, Sistemas de Informação em Saúde, Serviços de Saúde

Resumo

Objetivou-se analisar o percurso do doente de tuberculose (TB) durante o tratamento no sistema de serviços de saúde. Estudo epidemiológico, descritivo, realizado em Ribeirão Preto, São Paulo. Como fontes de dados utilizaram-se os registros relacionados ao tratamento da TB do Sistema de prontuários eletrônicos municipal e o sistema de notificação estadual. As variáveis selecionadas para o estudo foram categorizadas nas dimensões de análise: demanda, recursos, processos/produtos e resultados. Foram selecionados 109 registros de doentes de TB acompanhados em ambulatórios de referência para o tratamento da doença. Frente a alguma intercorrência notou-se a preferência por procurar o Pronto-atendimento 67(61,5%). O atendimento era centrado em médicos e auxiliares/técnicos de enfermagem 108(99,1%), sendo estes os principais responsáveis pelas visitas domiciliares e pela supervisão medicamentosa (71,6%). Os resultados permitiram observar a centralização do atendimento no nível secundário da atenção, privilegiando equipes especializadas e mantendo este ponto como o principal ordenador do cuidado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eugenia Firmino Brunello, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem de Saúde Pública. Professora Doutor da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: mefb_usp@yahoo.com.br.

Nathalia Halax Orfão, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem de Saúde Pública. Professora Adjunto da Universidade Federal de Rondônia. Porto Velho, RO, Brasil. E-mail: nathaliahalax@gmail.com.

Rubia Laine de Paula Andrade, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Especialista em laboratório da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: rubia@eerp.usp.br.
Gabriela Tavares Magnabosco

Enfermeira, Doutora em Enfermagem de Saúde Pública. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: gabimagnabosco@hotmail.com.

Tiemi Arakawa
Enfermeira, Doutora em Enfermagem de Saúde Pública. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: iemi.a@gmail.com.
Aline Aparecida Monroe, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem de Saúde Pública. Professora Doutor da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: amonroe@eerp.usp.br.

Reinaldo Antonio Silva-Sobrinho, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Adjunto da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Foz do Iguacu, PR, Brasil. E-mail: reisobrinho@yahoo.com.br.

Antônio Ruffino Netto, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Médico, Doutor em Saúde na Comunidade. Professor Titular da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: aruffino@fmrp.usp.br.

Tereza Cristina Scatena Villa, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Titular da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: tite@eerp.usp.br.

Publicado
2016-10-20
Como Citar
Brunello, M. E. F., Orfão, N. H., Andrade, R. L. de P., Magnabosco, G. T., Arakawa, T., Monroe, A. A., Silva-Sobrinho, R. A., Ruffino Netto, A., & Villa, T. C. S. (2016). Tuberculose: análise do percurso do doente durante o tratamento em Ribeirão Preto/SP. Revista Eletrônica De Enfermagem, 18. https://doi.org/10.5216/ree.v18.39051
Seção
Artigo Original