Nível de evidência das tecnologias de cuidado de enfermagem na angioplastia de membros inferiores

  • Viviane Soares
  • Juliana Balbinot Reis Girondi Universidade Federal de Santa Catarina
  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt Universidade Federal de Santa Catarina
  • Lucia Nazareth Amante Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Darla Lusia Ropelato Fernandez Universidade Federal de Santa Catarina
  • Luciara Fabiane Sebold Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Hemodinâmica, Assistência Perioperatória, Enfermagem Baseada em Evidências

Resumo

Objetivou-se descrever as produções científicas sobre tecnologias de cuidado de enfermagem ao paciente adulto submetido à angioplastia de membros inferiores. Revisão Sistemática da Literatura com busca nas bases de dados eletrônicas: LILACS, PUBMED, Web of Science, SciELO, além de Google Acadêmico. Foram analisados e classificados 12 artigos conforme os níveis de evidência. Todos os estudos qualitativos foram classificados com baixo grau de recomendação e dos estudos quantitativos apenas um apresentou alto grau de recomendação. A pesquisa apresentou estudos com o mais baixo nível de evidência científica, além da escassez de pesquisas e o frágil embasamento científico no qual os cuidados perioperatórios de enfermagem ao paciente submetido à angioplastia de membros inferiores vêm sendo desenvolvidos. Por conseguinte, há falta de informações e formação deficiente culminando no despreparo para atender os pacientes, compreender e liderar esse serviço de alta complexidade consoante aos princípios de segurança do paciente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Soares

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: vivi_zimba@hotmail.com.

Juliana Balbinot Reis Girondi, Universidade Federal de Santa Catarina
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: juliana.balbinot@ufsc.br.
Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt, Universidade Federal de Santa Catarina
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: karina.h@ufsc.br.
Lucia Nazareth Amante, Universidade Federal de Santa Catarina.
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Associado da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: luciamante@gmail.com.
Darla Lusia Ropelato Fernandez, Universidade Federal de Santa Catarina
Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Federal de Santa Catarina. Professor Substituto da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: darla.fernandez@ufsc.br.
Luciara Fabiane Sebold, Universidade Federal de Santa Catarina
Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: fabiane.sebold@ufsc.br.
Publicado
21-12-2016
Como Citar
Soares, V., Girondi, J., Hammerschmidt, K., Amante, L., Fernandez, D. L., & Sebold, L. (2016). Nível de evidência das tecnologias de cuidado de enfermagem na angioplastia de membros inferiores. Revista Eletrônica De Enfermagem, 18. https://doi.org/10.5216/ree.v18.36763
Seção
Artigo de Revisão