Comparação da funcionalidade de idosos residentes em duas modalidades institucionais

Autores

  • Valéria Pagotto Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem
  • Valéria Alves Pereira da Silva Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem
  • Lilían Varanda Pereira Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem
  • Denise Pinheiro Marques Alves dos Santos Universidade Paulista

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v18.34712

Palavras-chave:

Idoso Fragilizado, Saúde do Idoso Institucionalizado, Enfermagem Geriátrica

Resumo

Objetivou-se comparar a prevalência e os fatores associados à incapacidade funcional para ABVD em idosos residentes em duas modalidades institucionais. Estudo transversal com 159 idosos de instituições de longa permanência, sendo 84 residentes em Casas Lares e 75 em Abrigos de Permanência Integral. A incapacidade funcional (IF) foi avaliada pelo Índice de Katz. As associações foram investigadas pelo Teste do ?2 ou Exato de Fischer. A prevalência de IF nas Casas Lares foi 16,7% (IC95%:8,0-28,8) e nos Abrigos de Permanência Integral 56,0% (IC95%44,2-68). Nas duas instituições prevaleceram hipertensão arterial e catarata. Nas Casas Lares, observou-se associação entre IF e idade >80 anos e relato de doenças osteomusculares. A depressão foi estatisticamente significante em ambas instituições. As ABVD mais comprometidas foram manter continência, vestir-se e banhar-se. Os achados demonstram a necessidade de intervenções junto aos idosos institucionalizados, principalmente moradores em instituições de modalidade permanência integral, com foco no controle da depressão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valéria Pagotto, Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás (FEN/UFG). Goiânia, GO, Brasil. E-mail: valeriapagotto@gmail.com.

Valéria Alves Pereira da Silva, Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem

Discente do curso de Graduação em Enfermagem da FEN/UFG. Goiânia, GO, Brasil. E-mail: valeria.alves28@gmail.com.

Lilían Varanda Pereira, Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem Fundamental. Professora Adjunta da FEN/UFG. Goiânia, GO, Brasil. E-mail: lilianvaranda7@gmail.com.

Denise Pinheiro Marques Alves dos Santos, Universidade Paulista

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Docente da Universidade Paulista. Goiânia, GO, Brasil. E-mail: enfermeiradenise@live.com.

Publicado

31/03/2016

Como Citar

1.
Pagotto V, Silva VAP da, Pereira LV, Santos DPMA dos. Comparação da funcionalidade de idosos residentes em duas modalidades institucionais. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de março de 2016 [citado 18º de agosto de 2022];18. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/34712

Edição

Seção

Artigo Original