Queimaduras domésticas na população infantojuvenil: atendimentos de urgência e emergência

  • Jackeline Gonçalves Brito Universidade Federal de Mato Grosso
  • Christine Baccarat de Godoy Martins Universidade Federal de Mato Grosso
Palavras-chave: Acidentes Domésticos, Queimaduras, Traumatismos por Eletricidade, Serviços Médicos de Emergência, Cuidados de Enfermagem

Resumo

Estudo cujo objetivo foi analisar as queimaduras domiciliares decorrentes de exposição à corrente elétrica/radiação/temperatura, fumaça/fogo/chamas e contato com fonte de calor/substâncias quentes, em vítimas crianças, adolescentes e jovens, atendidos em serviço de urgência/emergência de referência. Estudo descritivo, transversal, com vítimas de queimaduras domiciliares (entre zero a 24 anos) atendidas por serviço de pronto-atendimento em uma capital do centro oeste brasileiro, no ano de 2013. Foram estudadas 84 vítimas de queimaduras domiciliares, prevaleceu o sexo feminino (59,5%) e a faixa etária de 1-4 anos (27,4%). As queimaduras mais frequentes foram por contato com fonte de calor/substâncias quentes (82,1%) e exposição à fumaça/fogo/chamas (15,5%). As regiões corpóreas mais atingidas foram cabeça, tronco, membros superiores e inferiores (90,5%) e prevaleceu a queimadura de segundo grau (40,5%). Queimaduras domiciliares atingem significativamente o público infantojuvenil com destaque para o sexo feminino, apontando para a importância de atividades preventivas e educativas direcionadas para as meninas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jackeline Gonçalves Brito, Universidade Federal de Mato Grosso
Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, nível Doutorado, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cuiabá, MT, Brasil. E-mail: jackeline_brito@hotmail.com.
Christine Baccarat de Godoy Martins, Universidade Federal de Mato Grosso
Enfermeira, Doutora em Saúde Pública. Professora Adjunta da UFMT. Cuiabá, MT, Brasil. E-mail: leocris2001@terra.com.br.
Publicado
31-03-2016
Como Citar
Brito, J. G., & Martins, C. B. de G. (2016). Queimaduras domésticas na população infantojuvenil: atendimentos de urgência e emergência. Revista Eletrônica De Enfermagem, 18. https://doi.org/10.5216/ree.v18.32141
Seção
Artigo Original