Equipes e condições de trabalho nos serviços de atendimento pré-hospitalar móvel: revisão integrativa

Daiane Dal Pai, Maria Alice Dias da Silva Lima, Kelly Piacheski Abreu, Paula Buchs Zucatti, Liana Lautert

Resumo


Estudo com objetivo de identificar, analisar e sintetizar os achados disponíveis na literatura sobre a composição das equipes e das condições de trabalho nos serviços de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) móvel. Revisão integrativa com buscas na Base de Dados de Enfermagem (BDEnf), Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), PubMed, SCOPUS, Web of Science e o portal de periódicos Scientific Eletronic Library Online (SciELO). Foram selecionados 18 artigos que atenderam aos critérios de inclusão. A composição das equipes dos serviços de APH é diversificada no cenário internacional, sendo retratado o acréscimo de responsabilidades assumidas por paramédicos, os benefícios da presença do enfermeiro e do médico especializado nas equipes, os quais são escassos em alguns países. As condições de trabalho revelam locais arriscados de atuação, demandas psicológicas intensas, sobrecarga de trabalho, insatisfação e recursos insuficientes na maioria dos serviços.


Palavras-chave


Enfermagem em Emergência; Serviços Médicos de Emergência; Condições de Trabalho

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5216/ree.v17i4.31522



Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Logotipo do Ibict