Diagnósticos de enfermagem em pacientes com úlcera venosa crônica: estudo observacional

Autores

  • Glycia de Almeida Nogueira Universidade Federal Fluminense
  • Beatriz Guitton Renaud Baptista Oliveira Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa
  • Rosimere Ferreira Santana Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa
  • Ana Carla Dantas Cavalcanti Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v17i2.28782

Palavras-chave:

Úlcera Varicosa, Diagnóstico de Enfermagem, Cuidados de Enfermagem

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar os diagnósticos de enfermagem em pessoas com úlcera venosa crônica. Pesquisa observacional, descritiva, de abordagem quantitativa realizado em um ambulatório especializado no tratamento de feridas, com amostra não-probabilística de 20 pacientes. A coleta de dados foi feita no formulário institucional denominado Protocolo de Avaliação dos Clientes com Lesões Tissulares. Os diagnósticos foram estabelecidos por consenso entre quatro pesquisadores com experiência em diagnósticos de enfermagem e tratamento de feridas. Da análise dos dados identificaram-se 16 diagnósticos, sendo que 100% dos participantes apresentaram: Integridade tissular prejudicada, Perfusão tissular periférica ineficaz, Risco de infecção, Mobilidade física prejudicada e Autocontrole ineficaz da saúde. Estes diagnósticos encontram-se nos domínios Segurança/Proteção, Atividade/Repouso e Promoção da Saúde, que do ponto de vista da prática clínica devem ser focos prioritários na intervenção e avaliação de enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glycia de Almeida Nogueira, Universidade Federal Fluminense

Enfermeira. Discente do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Cuidado em Saúde e Enfermagem, nível Mestrado, da Universidade Federal Fluminense (UFF). Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: glycianog@yahoo.com.br.

Beatriz Guitton Renaud Baptista Oliveira, Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Titular da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC) da UFF. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: beatrizguitton@globo.com.

Rosimere Ferreira Santana, Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto da EEAAC/UFF. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: rosifesa@enf.uff.br.

Ana Carla Dantas Cavalcanti, Universidade Federal Fluminense, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto da EEAAC/UFF. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: ana_carladc@yahoo.com.br.

Publicado

30/06/2015

Como Citar

1.
Nogueira G de A, Oliveira BGRB, Santana RF, Cavalcanti ACD. Diagnósticos de enfermagem em pacientes com úlcera venosa crônica: estudo observacional. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2015 [citado 23º de maio de 2022];17(2):333-9. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/28782

Edição

Seção

Artigo Original