Drogas e violência: percepção social em uma comunidade

Autores

  • Lúcia Margarete dos Reis Prefeitura Municipal de Sarandi
  • Magda Lúcia Félix de Oliveira Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v17i3.28663

Palavras-chave:

Drogas Ilícitas, Violência, Percepção Social, Enfermagem Psiquiátrica, Enfermagem em Saúde Pública

Resumo

Objetivou-se investigar a percepção social sobre drogas de abuso e violência em uma comunidade do Noroeste do Paraná. Pesquisa transversal, descritiva, utilizando questionário estruturado, aplicado a 358 moradores. Dos 358 entrevistados, 98,6% referiram que percebem a presença de drogas em elevada intensidade (82,4%), situação considerada “preocupante” para 56,1% e motivo de sofrimento para 61,5%. Setenta e oito entrevistados (22,1%) informaram que a presença de drogas causou alteração em sua vida familiar (22,1%) e social (29,5%) e no comportamento familiar (24,9%), e 72,6% apontaram restrições em suas atividades pelo medo de sofrer violências. O principal motivo da circulação e consumo de drogas foi relacionado à ausência de policiamento (31,4%). A maioria (90.2%) percebe a presença de violência e destes 93,8% a relacionaram com o uso de drogas. A presença de violência foi majoritariamente relacionada ao uso de drogas, e ocorre devido à ausência de policiamento e combate ao tráfico na comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lúcia Margarete dos Reis, Prefeitura Municipal de Sarandi

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Coordenadora Centro de Atenção Psicossocial da Prefeitura Municipal de Sarandi. Sarandi, PR, Brasil. E-mail: luciamargarete@gmail.com.

Magda Lúcia Félix de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá

Enfermeira, Doutora em Saúde Coletiva. Professora Adjunto da UEM. Maringá, PR, Brasil. E-mail: mlfoliveira@uem.br.

Publicado

07/04/2016

Como Citar

1.
Reis LM dos, Oliveira MLF de. Drogas e violência: percepção social em uma comunidade. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 7º de abril de 2016 [citado 23º de maio de 2022];17(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/28663

Edição

Seção

Artigo Original