Indícios da integralidade do cuidado na prática da equipe de enfermagem na atenção paliativa oncológica

Autores

  • Marcelle Miranda da Silva Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Enfermagem Anna Nery
  • Marléa Chagas Moreira Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Enfermagem Anna Nery
  • Joséte Luzia Leite Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Alacoque Lorenzini Erdmann Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v16i4.25700

Palavras-chave:

Cuidados Paliativos, Assistência Integral à Saúde, Enfermagem Oncológica

Resumo

Objetivou-se identificar os indícios da integralidade do cuidado na prática dos profissionais da equipe de enfermagem no contexto da atenção paliativa oncológica. Estudo descritivo, qualitativo. Foram entrevistados sete enfermeiros e quatro técnicos de enfermagem. Utilizou-se a análise temática, evidenciando-se duas unidades temáticas: Indícios da integralidade do cuidado na prática dos profissionais da equipe de enfermagem; e O trabalho em equipe com premissa da integralidade do cuidado. As ações da equipe de enfermagem sustentam-se na comunicação, convergindo esforços e formando rede com os demais profissionais para o atendimento das múltiplas necessidades da pessoa e seus familiares, dessa maneira, visando ao conforto e à qualidade de vida. Deve-se incentivar a autovalorização e autopercepção dos integrantes da equipe de enfermagem como elementos-chave na dinâmica e organização do trabalho, sendo primordial a disponibilidade de recursos para aplicação dos instrumentos de interação e a política organizacional que apoie a interdisciplinaridade e, por conseguinte, a integralidade.

doi: 10.5216/ree.v16.i4.25700.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelle Miranda da Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Enfermagem Anna Nery

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEAN/UFRJ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: marcellemsufrj@gmail.com.

Marléa Chagas Moreira, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Enfermagem Anna Nery

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da EEAN/UFRJ. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: marleachagas@gmail.com.

Joséte Luzia Leite, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Titular Emérita da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. E-mail: joluzia@gmail.com.

Alacoque Lorenzini Erdmann, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem

Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora Titular do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: alacoque@newsite.com.br.

Downloads

Publicado

31/12/2014

Como Citar

1.
Silva MM da, Moreira MC, Leite JL, Erdmann AL. Indícios da integralidade do cuidado na prática da equipe de enfermagem na atenção paliativa oncológica. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2014 [citado 25º de maio de 2022];16(4):795-803. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/25700

Edição

Seção

Artigo Original