“Padecendo no paraíso”: as dificuldades encontradas pelas mães no cuidado à criança com sofrimento mental

Autores

  • Jeferson Barbosa Silva
  • Camila Carla Dantas Soares Universidade Federal da Paraíba
  • Priscilla Maria de Castro Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Elisângela Braga de Azevedo Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande
  • Alynne Mendonça Saraiva Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande
  • Maria de Oliveira Ferreira Filha Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v17i3.25362

Palavras-chave:

Saúde da Mulher, Serviços de Saúde Mental, Sofrimento Psíquico, Enfermagem Psiquiátrica

Resumo

Objetivou-se resgatar histórias de mães que têm filhos com sofrimento mental, identificando quais são as dificuldades vivenciadas por elas, bem como as relações experimentadas no cuidado para com o filho. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva e qualitativa, realizada no CAPSi no município de Campina Grande/PB/Brasil, com cinco mães de crianças com sofrimento mental. A produção do material ocorreu por meio de entrevista semiestruturada e da História Oral Temática. Os resultados foram expressos em quatro eixos temáticos: 1) As limitações e o isolamento da criança; 2) A anulação do “ser” mulher, para a permanência do “ser” mãe; 3) “Uma luta solitária”: a mulher como principal provedora de cuidados aos filhos; 4) Das dificuldades de aceitação na família ao preconceito da sociedade. Identificaram-se dificuldades de natureza fisiológica e outras de cunho social. Faz-se necessária a construção de redes sociais de apoio, maior acolhimento e amparo pela comunidade à essas mães.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Barbosa Silva

Enfermeiro. Campina Grande, PB, Brasil. E-mail: jefersonbarbosa_@hotmail.com.

Camila Carla Dantas Soares, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Mestrado, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: camilacarlasoares@hotmail.com.

Priscilla Maria de Castro Silva, Universidade Federal de Campina Grande

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Federal da Paraíba. Professora Auxiliar da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Campina Grande, PB, Brasil. E-mail: priscillamsc@hotmail.com.

Elisângela Braga de Azevedo, Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande. Campina Grande, PB, Brasil. E-mail: elisaaz@terra.com.br.

Alynne Mendonça Saraiva, Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande. Campina Grande, PB, Brasil. E-mail: elisaaz@terra.com.br.

Maria de Oliveira Ferreira Filha, Universidade Federal de Campina Grande

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associado da UFPB. João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: marfilha@yahoo.com.br.

Publicado

07/04/2016

Como Citar

1.
Silva JB, Soares CCD, Silva PM de C, Azevedo EB de, Saraiva AM, Ferreira Filha M de O. “Padecendo no paraíso”: as dificuldades encontradas pelas mães no cuidado à criança com sofrimento mental. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 7º de abril de 2016 [citado 6º de julho de 2022];17(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/25362

Edição

Seção

Artigo Original