O cotidiano e o viver no Serviço Residencial Terapêutico

Autores

  • Luciane Prado Kantorki Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem
  • Jandro Moraes Cortes
  • Ariane da Cruz Guedes
  • Beatriz Franchini Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem
  • Daiane de Aquino Demarco

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v16i4.22923

Palavras-chave:

Saúde Mental, Serviços de Saúde Mental, Avaliação de Serviços de Saúde, Enfermagem Psiquiátrica

Resumo

Objetivou-se descrever e analisar questões referentes ao dia a dia num Serviço Residencial Terapêutico (SRT) e as características da vida cotidiana dos moradores. Trata-se de um estudo de caso realizado em Caxias do Sul, fundamentado na avaliação de quarta geração, conjuntamente com a Metodologia de Análise de Redes do Cotidiano. A partir dos achados, emergiram as categorias: possibilidades no território, participação e flexibilidade nas tarefas da casa, situações que marcam o viver, mediadores colaboradores na resolução de conflitos, a equipe é comprometida com o morador, a liberdade como instrumento terapêutico, dificuldades no cotidiano, construção de alianças. Este estudo contribuiu para conhecer a estrutura do cotidiano vivenciado pelos moradores, desse modo,  identificando algumas dificuldades enfrentadas e os mecanismos utilizados para superá-las, além de evidenciar que os profissionais podem ser entes fundamentais no fortalecimento de um cotidiano que pode ser pluralizado, movimentado e enriquecido, sem deixar de respeitar a singularidade de cada morador.

doi: 10.5216/ree.v16i4.22923.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane Prado Kantorki, Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (FEO/UFPEL). Pelotas, RS, Brasil. E-mail: kantorski@uol.com.br.

Jandro Moraes Cortes

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: jandromcortes@hotmail.com.

Ariane da Cruz Guedes

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: ariane.guedes@yahoo.com.br.

Beatriz Franchini, Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Mestre em Saúde Pública. Professora Assistente da FEO/UFPEL. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: beatrizfranchini@hotmail.com.

Daiane de Aquino Demarco

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: daianearg@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2014

Como Citar

1.
Kantorki LP, Cortes JM, Guedes A da C, Franchini B, Demarco D de A. O cotidiano e o viver no Serviço Residencial Terapêutico. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2014 [citado 25º de maio de 2022];16(4):759-68. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/22923

Edição

Seção

Artigo Original