Uso de plantas medicinais: impactos e perspectivas no cuidado de enfermagem em uma comunidade rural

Autores

  • Manuelle Arias Piriz
  • Marcos Klering Mesquita Santa Casa de Misericórdia de Pelotas
  • Cláudio Tosi Cavada Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas
  • Josiane Santos Palma Universidade Federal de Pelotas
  • Teila Ceolin Universidade Federal de Pelotas
  • Rita Maria Heck Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v15i4.19773

Palavras-chave:

Plantas Medicinais, Atenção Primária à Saúde, Enfermagem em Saúde Comunitária

Resumo

O uso de plantas medicinais é uma forma de tratamento antiga e influenciada por diferentes culturas. O objetivo deste estudo foi resgatar o saber popular sobre as plantas medicinais utilizadas por uma comunidade rural do sul do RS, Brasil, discutindo a inclusão desta prática complementar na Atenção Primária. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo e exploratório no qual foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 20 usuários entre junho e julho de 2009. Os dados foram analisados em temáticas. Foram citadas 51 plantas medicinais relacionadas com os sistemas digestivo (19 plantas), respiratório (13), endócrino (8), hipertensão (7) e tratamento de doenças infecciosas (6). Os usuários complementam tratamentos convencionais com plantas medicinais, mas não informam aos profissionais de saúde. Para a Enfermagem, no campo de atuação rural, o impacto decorrente da utilização das plantas medicinais desvela a necessidade de constante intercâmbio de saberes, em perspectiva interdisciplinar, fortalecendo seu núcleo de ação.

Descritores: Plantas Medicinais; Atenção Primária à Saúde; Enfermagem em Saúde Comunitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manuelle Arias Piriz

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: manuzinha_piriz@hotmail.com.

Marcos Klering Mesquita, Santa Casa de Misericórdia de Pelotas

Enfermeiro. Enfermeiro chefe do setor de Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: marcos_klering@hotmail.com.

Cláudio Tosi Cavada, Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem. Enfermeiro da Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: claudio.cavada@hotmail.com.

Teila Ceolin, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, UFPel. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: teila.ceolin@ig.com.br.

Rita Maria Heck, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da UFPel. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: rmheckpillon@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

31/12/2013

Como Citar

1.
Piriz MA, Mesquita MK, Cavada CT, Palma JS, Ceolin T, Heck RM. Uso de plantas medicinais: impactos e perspectivas no cuidado de enfermagem em uma comunidade rural. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2013 [citado 9º de agosto de 2022];15(4):992-9. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/19773

Edição

Seção

Artigo Original