O impacto da hospitalização infantil nas rotinas das famílias monoparentais

Autores

  • Pamela Camila Fernandes Rumor Universidade Federal de Santa Catarina, Hospital Universitário
  • Astrid Eggert Boehs Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v15i4.19464

Palavras-chave:

Família de Pais Solteiros, Criança Hospitalizada, Enfermagem Familiar

Resumo

Pesquisa descritiva de abordagem qualitativa realizada em uma unidade de internação pediátrica com o objetivo de compreender o impacto da hospitalização infantil nas rotinas das famílias monoparentais. Foram entrevistadas 12 famílias, representadas pelas mães, através de um formulário dividido em duas partes: construção do genograma e ecomapa e questões semiestruturadas. Foi usado o método de análise de conteúdo. Os resultados apontam que a dependência da rede de apoio familiar e a dificuldade de um olhar individualizado para as diferentes formas de família por parte dos profissionais e das instituições para atenderem às demandas das famílias são os principais fatores que causam o impacto nas rotinas diárias das famílias monoparentais. Conclui-se que há necessidade de uma reflexão e revisão das práticas e normas institucionais visando ao atendimento das reais peculiaridades e necessidades do cotidiano das famílias contemporâneas.

Descritores: Família de Pais Solteiros; Criança Hospitalizada; Enfermagem Familiar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pamela Camila Fernandes Rumor, Universidade Federal de Santa Catarina, Hospital Universitário

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Chefe do Serviço de Enfermagem da Clínica Cirúrgica 1 do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: pamrumor@hotmail.com.

Astrid Eggert Boehs, Universidade Federal de Santa Catarina

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Associada da UFSC. Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: astridboehs@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2013

Como Citar

1.
Rumor PCF, Boehs AE. O impacto da hospitalização infantil nas rotinas das famílias monoparentais. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2013 [citado 9º de agosto de 2022];15(4):1007-15. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/19464

Edição

Seção

Artigo Original