Problemas adaptativos segundo Roy e diagnósticos fundamentados na CIPE® em hipertensos com doenças associadas

Autores

  • Denizielle de Jesus Moreira Moura Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza
  • Maria Célia de Freitas Universidade Estadual do Ceará
  • Maria Vilani Cavalcante Guedes Universidade Estadual do Ceará
  • Marcos Venícius de Oliveira Lopes Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v15i2.17758

Palavras-chave:

Teoria de Enfermagem, Hipertensão, Classificação.

Resumo

doi: 10.5216/ree.v15i2.17758 - http://dx.doi.org/10.5216/ree.v15i2.17758.

 

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi identificar os problemas adaptativos e estímulos fundamentados no modelo teórico de Roy, bem como os diagnósticos de enfermagem segundo a CIPE® Versão 1. Estudo de casos múltiplos, realizado com 45 hipertensos com doenças associadas assistidos em uma unidade de saúde da Secretaria Executiva Regional V - Fortaleza. Dentre os problemas adaptativos identificados o sedentarismo é o mais presente (84,4% dos indivíduos), seguido de sobrepeso/obesidade (57,8%) e distúrbios no padrão de sono (42,2%). 64,3% dos diagnósticos de enfermagem identificados encontram-se no âmbito biológico, sendo os de maior prevalência: Autocuidado Parcial (93,3%), Padrão de Exercício Diminuído (84,4%), Dentição Comprometida (82,2%), Aprendizagem Baixa (60,0%), Sobrepeso/Obesidade (57,7%). Concluiu-se que a identificação de problemas adaptativos auxiliam-nos na elaboração de diagnósticos, os quais, por sua vez, conferem uma linguagem própria à enfermagem além de maior autonomia profissional e qualidade na assistência.

Descritores: Teoria de Enfermagem; Hipertensão; Classificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denizielle de Jesus Moreira Moura, Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza

Enfermeira, Mestre em Enfermagem em Cuidados Clínicos. Enfermeira do Programa de Saúde da Família de Fortaleza/CE. Docente da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza. Fortaleza, CE, Brasil. E-mail: denizielledj@yahoo.com.br.

Maria Célia de Freitas, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Titular da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Fortaleza, CE, Brasil. E-mail: maria.celia30@terra.com.br.

Maria Vilani Cavalcante Guedes, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da UECE. Fortaleza, CE, Brasil. E-mail: vilani.guedes@globo.com.

Marcos Venícius de Oliveira Lopes, Universidade Federal do Ceará

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Associado da Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, CE, Brasil. E-mail: marcos@ufc.br.

Downloads

Publicado

30/06/2013

Como Citar

1.
Moura D de JM, Freitas MC de, Guedes MVC, Lopes MV de O. Problemas adaptativos segundo Roy e diagnósticos fundamentados na CIPE® em hipertensos com doenças associadas. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2013 [citado 4º de julho de 2022];15(2):352-61. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/17758

Edição

Seção

Artigo Original