Organização do serviço de controle da tuberculose em Distrito Sanitário Especial Indígena Potiguara

Autores

  • Rafaela Gerbasi Nóbrega Centro Universitário de João Pessoa
  • Jordana de Almeida Nogueira Universidade Federal da Paraíba
  • Lenilde Duarte de Sá Universidade Federal da Paraíba
  • Rosa Emília Malta do Nascimento Uchôa
  • Débora Raquel Soares Guedes Trigueiro
  • Rosa Camila Gomes Paiva Centro Universitário de João Pessoa

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v15i1.16194

Palavras-chave:

Tuberculose, População Indígena, Avaliação de Serviços de Saúde, Enfermagem em Saúde Pública

Resumo

RESUMO

Buscou-se com este trabalho analisar a organização do serviço de controle da tuberculose no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Potiguara, sob a óptica dos profissionais de saúde indígena. Trata-se de estudo de natureza qualitativa, realizado no DSEI Potiguara/Paraíba, reunindo 23 profissionais de saúde. O material empírico foi produzido a partir da técnica de grupo focal e analisado segundo a abordagem crítica da técnica de análise de discurso. Como potencialidades constataram-se disponibilidade de insumos para realização do exame bacteriológico, garantia do fluxo laboratorial e agilidade no recebimento dos resultados. Quanto às fragilidades, evidenciou-se que o modo como o serviço se organiza favorece descontinuidade das ações; fragmentação do cuidado; comunicação deficiente entre os diferentes pontos da atenção. Recomenda-se a adoção de mecanismos de gestão que ultrapasse as barreiras burocráticas e consolide-se em proposta inovadora, coordenada, cuja organização se assente potencialmente nas relações que envolvem pessoas, tecnologia e recursos.

Descritores: Tuberculose; População Indígena; Avaliação de Serviços de Saúde; Enfermagem em Saúde Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Gerbasi Nóbrega, Centro Universitário de João Pessoa

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Professora do Centro Universitário de João Pessoa. João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: rafaelagerbasi@yahoo.com.br.

Jordana de Almeida Nogueira, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto IV da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: jal_nogueira@yahoo.com.br.

Lenilde Duarte de Sá, Universidade Federal da Paraíba

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professor Adjunto IV da UFPB. João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: lenilde_sa@yahoo.com.br.

Rosa Emília Malta do Nascimento Uchôa

Fisioterapeuta. Recife, PE, Brasil. E-mail: milinhamalta@hotmail.com.

Débora Raquel Soares Guedes Trigueiro

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: deborasgt@hotmail.com.

Rosa Camila Gomes Paiva, Centro Universitário de João Pessoa

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Professora do Centro Universitário de João Pessoa. João Pessoa, PB, Brasil. E-mail: rosac12@hotmail.com.

Downloads

Publicado

31/03/2013

Como Citar

1.
Nóbrega RG, Nogueira J de A, Sá LD de, Uchôa REM do N, Trigueiro DRSG, Paiva RCG. Organização do serviço de controle da tuberculose em Distrito Sanitário Especial Indígena Potiguara. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de março de 2013 [citado 23º de maio de 2022];15(1):88-95. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/16194

Edição

Seção

Artigo Original