O impacto do diagnóstico do câncer infantil no ambiente familiar e o cuidado recebido

Autores

  • Catarina Aparecida Sales Universidade Estadual de Maringá
  • Gabriella Michel dos Santos Benedetti Universidade Estadual de Maringá
  • Jéssica Adrielle Santos Universidade Estadual de Maringá
  • Sonia Silva Marcon Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i4.15446

Palavras-chave:

Saúde da Criança, Saúde da Família, Oncologia, Enfermagem.

Resumo

O objetivo deste estudo foi apreender o impacto ocorrido no seio familiar após o diagnóstico de câncer em um filho e descrever de que maneira os mesmos percebem os cuidados prestados pelos serviços de saúde. Trata-se de estudo qualitativo que teve como alicerce a fenomenologia existencial heideggeriana. Fizeram parte do estudo cinco famílias que vivenciavam o cuidar de um filho com câncer. A linguagem falada e gesticulada dos depoentes revelou-nos o grande impacto frente ao recebimento do diagnóstico de câncer, momento em que a possibilidade da finitude do filho traduziu-se em sentimentos de angústia, medo, dor e incertezas. Elucidamos também que o cuidado oferecido pelos serviços de saúde apresenta vicissitudes durante a trajetória terapêutica da doença. A importância dos resultados encontrados reside no fato de permitir aos profissionais de saúde refletir sobre suas práticas cotidianas, e no mérito de se incluir a família no processo terapêutico da criança com câncer.

Descritores: Saúde da Criança; Saúde da Família; Oncologia; Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Catarina Aparecida Sales, Universidade Estadual de Maringá

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto Nível C da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Maringá, PR, Brasil. E-mail: casales@uem.br.

Gabriella Michel dos Santos Benedetti, Universidade Estadual de Maringá

Enfermeira. Discente do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UEM. Maringá, PR, Brasil. E-mail: enfermeiragabi@hotmail.com.

Jéssica Adrielle Santos, Universidade Estadual de Maringá

Enfermeira. Discente do Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UEM. Maringá, PR, Brasil. E-mail: jessicadrielle@yahoo.com.br.

Sonia Silva Marcon, Universidade Estadual de Maringá

Enfermeira. Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professor Associado da UEM. Maringá, PR, Brasil. E-mail: soniasilva.marcon@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2012

Como Citar

1.
Sales CA, Benedetti GM dos S, Santos JA, Marcon SS. O impacto do diagnóstico do câncer infantil no ambiente familiar e o cuidado recebido. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2012 [citado 28º de maio de 2022];14(4):841-9. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/15446

Edição

Seção

Artigo Original